Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro

INFORME AS DOSES E ESTOQUES DAS VACINAS EM SEU MUNICÍPIO ATÉ 30/11

Início do conteúdo da página

Para combater as Fake News sobre saúde, o Ministério da Saúde, de forma inovadora, está disponibilizando um número de WhatsApp para envio de mensagens da população. Vale destacar que o canal não será um SAC ou tira dúvidas dos usuários, mas um espaço exclusivo para receber informações virais, que serão apuradas pelas áreas técnicas e respondidas oficialmente se são verdade ou mentira.

Qualquer cidadão poderá enviar gratuitamente mensagens com imagens ou textos que tenha recebido nas redes sociais para confirmar se a informação procede, antes de continuar compartilhando. O número é (61)99289-4640

>> Leia o regulamento e os termos de uso

>> Apresentação Fake News na Saúde feita pelo diretor da Ascom, Ugo Braga, no VIII Congresso Brasileiro de Enfermagem Pediátrica e Neonatal

falso verdadeiro
Escrito por Gustavo Frasão | | Publicado: Quinta, 21 de Fevereiro de 2019, 17h40 | Última atualização em Terça, 27 de Agosto de 2019, 15h45

Olá, essa mensagem é falsa! Não compartilhe! O texto tem caráter alarmista, diversas informações falsas sem fonte, o que são características de Fake News.

A história surgiu em outros países, com outros nomes e com mudanças de nomes de cidades. É possível conferir na imagem as cores da bandeira da Colômbia na ambulância de resgate.

O caso citado no texto compartilhado não foi de um envenenamento por conta da planta e sim de intoxicação com cápsulas de detergente – e, de fato, aconteceu na Colômbia.

Vale ressaltar que não é orientado ingerir a planta “Amoena”, popularmente conhecida como "Comigo-ninguém-pode", entretanto, caso fosse ingerida ela seria de difícil ingestão por causa de enzimas que causariam irritação na língua.

Por essa razão, essa imagem é Fake News, não compartilhe!

registrado em:
Assunto(s):
Fim do conteúdo da página