Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro

INFORME AS DOSES E ESTOQUES DAS VACINAS EM SEU MUNICÍPIO ATÉ 30/11

Início do conteúdo da página

Acidentes por animais peçonhentos - ABELHAS

Escrito por alexandreb.sousa | | Publicado: Segunda, 27 de Novembro de 2017, 16h10 | Última atualização em Terça, 28 de Novembro de 2017, 11h34

Abelhas são insetos da Ordem Hymenoptera, assim como as vespas e as formigas. Algumas espécies são conhecidas por produzirem o mel e viverem em colônias ditas eussociais, com uma organização hierárquica com uma rainha fértil, alguns machos férteis (zangões) e milhares de operárias fêmeas (inférteis). Estas são as características da maioria das abelhas produtoras de mel, embora a grande maioria delas não o seja, vivendo até mesmo como animais solitários. Abelhas vivem em todos os continentes, exceto o Antártico e são componentes importantes de diversos ecossistemas, desempenhando o papel de polinizadoras. O mel produzido nas colmeias é utilizado na alimentação da própria colônia. As abelhas operárias são as responsáveis pela defesa da colônia. Ao picar, elas perdem parte do aparato inoculador, morrendo em seguida. Este aparato possui músculos próprios e continuam injetando a peçonha mesmo após a separação do resto do corpo. As mamangavas ou mamangabas, que são abelhas das Subfamílias Bombinae e Euglossinae, não perdem o ferrão podendo ferroar várias vezes. As abelhas da Subfamília Meliponinae, conhecidas como abelhas sem ferrão, embora possuam este aparato, não causam acidentes por picadas, mas podem produzir mel tóxico.

 

Veja também

>> Descrição do Agravo
>> Situação Epidemiológica - Dados
>> Diagnóstico
>> Tratamento
>> Informações Técnicas
>> Perguntas e Respostas
>> Publicações
>> Viajantes
>> Contatos da área

 

Fim do conteúdo da página