Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro

INFORME AS DOSES E ESTOQUES DAS VACINAS EM SEU MUNICÍPIO ATÉ 30/11

Início do conteúdo da página

Situação Epidemiológica

Escrito por alexandreb.sousa | | Publicado: Sexta, 28 de Março de 2014, 15h28 | Última atualização em Terça, 08 de Maio de 2018, 10h11

A 7ª pandemia de cólera teve início na Indonésia, em 1961, e atingiu o Brasil em 1991 pela fronteira do Amazonas com o Peru. A epidemia alastrou-se progressivamente pela região Norte e atingiu a região Nordeste no final de 1991. Até o final de 1992, todos os estados do Nordeste foram atingidos, tendo sido registrados, ainda, um caso autóctone no Rio de Janeiro e um no Espírito Santo. Em 1993, observou-se o avanço da doença para as regiões Sudeste e Sul, sendo registrados casos em Minas Gerais, Espírito Santo, Rio de Janeiro, São Paulo e Paraná. A partir de 1995, houve uma importante diminuição no número de casos de cólera no país. Em 2002 e 2003 não houve registro de casos; em 2004 foram registrados 21 casos e em 2005, os últimos casos autóctones (5) do país. A partir de 2006, não houve casos autóctones de cólera no Brasil, tendo sido notificados apenas 3 casos importados, um de Angola (2006), um da República Dominicana (2011) e um de Moçambique (2016).

Casos confirmados de cólera notificados no Sistema de Informação de Agravos de Notificação (Sinan)

Fim do conteúdo da página