Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro

INFORME AS DOSES E ESTOQUES DAS VACINAS EM SEU MUNICÍPIO ATÉ 30/11

Início do conteúdo da página

Orientações e Medidas de Prevenção

Escrito por alexandreb.sousa | | Publicado: Terça, 08 de Dezembro de 2015, 10h28 | Última atualização em Quarta, 09 de Dezembro de 2015, 11h08

Orientações e Medidas de Prevenção

 

O vírus Mayaro é considerado endêmico na região Amazônica, que envolve os estados da região Norte e Centro Oeste. O vírus ocorre em área de mata, rural ou silvestre e geralmente afeta indivíduos susceptíveis que adentram espaços onde macacos e vetores silvestres ocorrem.

Considerando que atualmente não existe uma vacina disponível e que não é possível eliminar o vetor silvestre, as medidas de prevenção consistem em evitar o contato com áreas de ocorrência e/ou minimizar a exposição à picada do vetor. Dessa forma, recomenda-se:

  • Considerado que o horário de maior atividade do principal vetor (Haemagogus Jantinomys) se dá entre 9 e 16 horas, recomenda-se evitar exposição em áreas de mata sobretudo desprotegido, durante esse período;
  • Uso de roupas cumpridas e uso de repelentes podem ajudar a evitar contato com o vetor silvestre e diminuir o risco de infecção;
  • Uso de cortinas; mosquiteiros, principalmente em área rural e silvestre;
  • Evitar exposição em área afetada.

Cuidado especial deve ser observado em áreas recentemente afetadas do estado de Goiás, Tocantins e Pará, onde casos humanos foram confirmados em meados de 2014-2015.

 

Fim do conteúdo da página