Ir direto para menu de acessibilidade.
    Você está aqui:
  1. Página inicial
  2. >
  3. Últimas notícias
  4. >
  5. Agência Saúde
  6. >
  7. Unidade do Ministério começa a realizar transplantes de córneas
Início do conteúdo da página
HOSPITAIS FEDERAIS

Unidade do Ministério começa a realizar transplantes de córneas

Escrito por Leonardo | Publicado: Terça, 26 de Setembro de 2017, 15h34 | Última atualização em Sexta, 06 de Outubro de 2017, 00h10

Hospital Federal de Ipanema faz parte da ação de reestruturação das unidades do Rio de Janeiro, que reorganiza os serviços de alta complexidade assistencial

Mais uma unidade do Ministério da Saúde no Rio de Janeiro passa a oferecer transplantes, que são procedimentos de alta complexidade, pelo Sistema Único de Saúde (SUS). O Hospital Federal de Ipanema (HFI) realizou na última quinta-feira (21/09) o primeiro transplante de córneas e agora passa a receber pacientes tratados em outras duas unidades da rede, dos hospitais federais da Lagoa (HFL) e dos Servidores do Estado (HFSE), especialmente, que também precisam desse tipo de cirurgia. A medida é resultado da reestruturação e especialização dos serviços nos seis hospitais federais, que ainda prevê o aumento de 20% no atendimento em oncologia, cardiologia e ortopedia na rede hospitalar do Ministério.

O paciente que estreou o serviço no HFI, o porteiro Waltierlhison Amaral da Silva, 20 anos, vítima de um acidente doméstico, já teve alta e se recupera em casa. "Tive uma perfuração na córnea em 27 de fevereiro, usei vários colírios e nada conseguia combater a infecção. Estou há três meses na fila de transplantes e achei que me chamaram bem rápido. Este novo serviço vai ser muito importante para tanta gente que está esperando aí", ressalta Silva.

Segundo o chefe do serviço de Oftalmologia do hospital, Luiz Gustavo Regis, há uma demanda reprimida por transplantes de córneas no estado do Rio de Janeiro. Por isso, o HFI deve reunir pacientes com problemas oftamológicos mais sérios também dos demais hospitais. O HFSE é o outro hospital do Ministério da Saúde que já vinha realizando transplantes de córneas. No estado do Rio de Janeiro, houve nos primeiros 8 meses deste ano 576 transplantes de córneas, o número supera o ano de 2016, quando foram feitos 575 procedimentos desse tipo. O Ministério da Saúde fornece o suporte para coleta e armazenagem de córneas no Banco Multitecidos do Instituto Nacional de Traumatologia e Ortopedia (Into).

"Neste processo de reestruturação da rede, os transplantes de córnea estão no rol das cirurgias de alta complexidade definido para o Hospital Federal de Ipanema. Há também a previsão de cirurgias ortopédicas de quadril e joelho, em um novo centro que estamos criando aqui, e o incremento das demais cirurgias oftalmológicas", observa o diretor do HFI, Benito Accetta.


Por Géssica Trindade, Ascom MS/RJ
Atendimento à imprensa
(21) 3985-7475 / 7444

Fim do conteúdo da página