Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro

INFORME AS DOSES E ESTOQUES DAS VACINAS EM SEU MUNICÍPIO ATÉ 30/11

Início do conteúdo da página
ASSISTÊNCIA

Ministério da Saúde libera R$ 1,6 milhão para habilitar CER em Aracaju

Escrito por Leonardo | | Publicado: Quarta, 27 de Setembro de 2017, 15h25 | Última atualização em Quinta, 05 de Outubro de 2017, 23h23

Com o repasse, o Centro Integrado Raio de Sol funcionará como Centro Especializado em Reabilitação e irá atender pacientes com deficiência física e intelectual

A população de Aracaju (SE) e de outros sete municípios do estado serão beneficiados com a ampliação de serviços de reabilitação para atendimento especializado a pessoas com deficiência física e intelectual. Com a habilitação do Ministério da Saúde, o Centro Integrado Raio de Sol (CIRAS), entidade sem fins lucrativos, passa a funcionar como Centro Especializado em Reabilitação - CER II, nas modalidades física e intelectual. De acordo com a portaria nº2.205/2017 publicada no Diário Oficial da União, a unidade terá como fonte de custeio para os atendimentos, o repasse anual do Ministério da Saúde no valor de R$ 1,6 milhão.

O CER tipo II qualifica e amplia os serviços de reabilitação física e intelectual já existentes na unidade, que atua com atendimento em reabilitação de crianças, jovens e adultos. Dessa forma, o recurso irá impulsionar o fluxo e tratamento de pacientes no CIRAS, que possui equipe multiprofissional formada por médicos, fisioterapeutas, terapeutas ocupacionais, fonoaudiólogos, psicólogo e enfermeiros.

Incorporada ao Bloco de Média e Alta Complexidade Ambulatorial e Hospitalar de Aracaju, a verba será transferida em parcelas mensais do Fundo Nacional de Saúde ao Fundo Municipal de Saúde. “Com essa habilitação, muitos usuários do SUS terão apoio e atendimento especializado. Estamos  ampliando e qualificando ações e serviços de saúde para atender melhor as pessoas com deficiência”, ressalta o ministro da Saúde, Ricardo Barros.

Centros Especializados - O CER é um serviço de referência para atenção ambulatorial especializada em reabilitação. Os CER devem ofertar atendimentos para o diagnóstico e tratamento em reabilitação, podendo realizar a concessão, adaptação e manutenção de tecnologia assistiva. Após a portaria, o Brasil passa a contar com 192 CER habilitados. No total, o Ministério da Saúde repassa uma verba anual de R$ 403,7 milhões para custear os centros de todo o país. A pasta também financia as construções de mais três Centros Especializados em Reabilitação e de uma Oficina Ortopédica no estado de Sergipe.

Rede de Cuidados  – Desde 2012, o Ministério da Saúde instituiu a Rede de Cuidados à Pessoa com Deficiência. A oferta de uma rede de serviços de reabilitação integrada, articulada e efetiva proporciona um cuidado mais humanizado, integral e resolutivo, uma vez que possibilita a identificação precoce de deficiência, o acesso oportuno à reabilitação, às Órteses, Próteses e Meios Auxiliares de Locomoção e, também, a articulação com outras políticas sociais.

Por Fernanda de Lima, da Agência Saúde
Atendimento à imprensa

(61) 3315- 3533 / 3580

Fim do conteúdo da página