Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro

INFORME AS DOSES E ESTOQUES DAS VACINAS EM SEU MUNICÍPIO ATÉ 30/11

Início do conteúdo da página

Saúde investe R$ 6,9 milhões na rede de urgência e emergência de Minas Gerais

Escrito por Alessandra Bernardes | | Publicado: Quarta, 01 de Novembro de 2017, 15h44 | Última atualização em Sexta, 03 de Novembro de 2017, 17h02

Os municípios de São Sebastião e Piumhi serão beneficiados com a incorporação de recursos, que irão reforçar os atendimentos ambulatoriais e hospitalares realizados pelo SUS

O Ministério da Saúde está investindo R$ 6,9 milhões anuais para serviços da Rede de Urgência e Emergência, que compreendem atendimentos de média e alta complexidade, no estado de Minas Gerais. A verba será incorporada aos municípios de São Sebastião do Paraíso e Piumhi para os atendimentos hospitalares e ambulatoriais. Com isso, unidades de saúde das cidades terão como ampliar os serviços ofertados através do Sistema Único de Saúde (SUS).

“Nossa prioridade é impulsionar e melhorar a Saúde, ampliando a qualificação nos atendimentos ofertados pelo SUS à população”. Esses repasses vão beneficiar diretamente os moradores de São Sebastião do Paraíso e Piumhi”, ressalta o ministro da Saúde, Ricardo Barros.

O investimento foi oficializado com publicações no Diário Oficial da União (DOU). De acordo com a portaria Nº 1.629, serão destinados R$ 6,1 milhões para o município de São Sebastião do Paraíso. Já a portaria N°2.770 mostra que Piumhi receberá R$ 738,7 mil. Todo o recurso será enviado aos municípios para custear diferentes atendimentos que envolvem consultas ambulatoriais e internações hospitalares. Além disso, o repasse para São Sebastião do Paraíso habilitará e qualificará os leitos de enfermaria da Santa Casa de Paraíso. De acordo com dados do Cadastro Nacional de Estabelecimentos de Saúde (CNES), a unidade conta com 179 leitos, sendo 135 ofertados pelo SUS. Ainda com informações do sistema, entre os serviços ofertados pelo hospital estão os de cardiologia, clínica geral e obstetrícia.

O Fundo Nacional de Saúde é responsável pela transferência dos recursos. As parcelas serão mensais e repassadas aos Fundos Municipais de Saúde de São Sebastião do Paraíso e Piumhi.

INVESTIMENTOS EM MINAS GERAIS – Em julho deste ano, o Estado de Minas Gerais foi contemplado com um incremento de R$ 168,3 milhões para custeio de 2.201 novos Agentes Comunitários de Saúde, 717 novas Equipes de Saúde da Família, 539 novas Equipes de Saúde Bucal, 187 novos Núcleos de Apoio à Saúde da Família, 02 novas Equipes de Consultórios na Rua e 11 novas Equipes de Saúde Prisional. Atualmente, existem 5.225 Equipes de Saúde da Família credenciadas em 848 municípios de Minas Gerais, cobrindo 79,7% da população local (15,8 milhões de pessoa) ao custo de R$ 36,5 milhões por ano.
Por Fernanda de Lima, da Agência Saúde
Atendimento à imprensa
(61) 3315-3580 / 3434

Fim do conteúdo da página