Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro

INFORME AS DOSES E ESTOQUES DAS VACINAS EM SEU MUNICÍPIO ATÉ 30/11

Início do conteúdo da página

DSEIs da região norte realizam ações de saúde bucal e capacitação em tuberculose

Escrito por alexandreb.sousa | | Publicado: Segunda, 26 de Fevereiro de 2018, 17h02 | Última atualização em Quarta, 28 de Fevereiro de 2018, 09h42

Distritos de Vilhena (RO) e Alto Rio Solimões (AM) dão prosseguimento às atividades de atenção à saúde dos povos indígenas da região

Vários projetos de atenção à saúde e capacitação para os trabalhadores dos Distritos Sanitários Especiais Indígenas (DSEIs) seguem acontecendo por todo o país. Entre estes, destaque para o projeto “Amigos do Sorriso” desenvolvido pelo DSEI Vilhena (RO), que nesta última semana realizou ações de saúde bucal que beneficiaram mais de 120 pessoas.

A atividade tem o objetivo de intensificar as ações de saúde bucal em aldeias com maior número de indígenas, com atendimento clínico odontológico, escovação supervisionada e ações de educação em saúde com metodologias lúdicas e participativas.

Box Title

Fotos:DSEI Vilhena/Divulgação

O projeto é realizado desde 2012, com trabalhadores do DSEI Vilhena e apoio de profissionais da Faculdade de Ciências Biomédicas de Cacoal (Facimed), que atuam junto às comunidades da etnia Cinta Larga. Os trabalhos são distribuídos nas comunidades do entorno do DSEI e nos polos-base de Cacoal e Vilhena. Foram atendidas 71 pessoas na primeira etapa da atividade.

Para a dentista Renata Prestes, a iniciativa intensifica as ações coletivas e individuais, otimizando o trabalho das equipes nos atendimentos de rotina, com foco na prevenção.  “Em algumas regiões, a necessidade de tratamento é tão alta que, quando a equipe se desloca, fica difícil trabalhar a prevenção. Por esta razão, surgiu a necessidade de elaborar estratégia para diminuir esta demanda e para melhoria e ampliação no controle das doenças de origem bucal”, destacou.

Capacitações

Na semana de 19 a 23 de fevereiro, aconteceu, em Tabatinga (AM), a “Oficina de Qualificação das Ações de Controle da Tuberculose”, no DSEI Alto Rio Solimões. Segundo o enfermeiro Bruno César Aguiar da Silva, trabalhador do DSEI ARS, essa é uma das atividades do planejamento de 2018, estimulada pelo encontro nacional para o controle da tuberculose na população indígena, ocorrido em dezembro de 2017, em Brasília-DF. A capacitação teve como objetivo habilitar os profissionais de saúde no manejo clínico para o controle da tuberculose. Foram capacitados 30 profissionais de saúde, entre eles: médicos, enfermeiros, farmacêuticos do DSEI e profissionais da atenção básica do município de Tabatinga. O evento contou com a parceria de representantes do Laboratório de Fronteira de Saúde Pública, do Programa Estadual de Controle da Tuberculose do Amazonas e da Secretaria Municipal de Saúde de Tabatinga.

Por Tiago Pegon, do Nucom Sesai
Atendimento à imprensa 
(61) 3315-3580 / 2745 / 2351

Fim do conteúdo da página