Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro

Banner estatico portal 960 x 100

Início do conteúdo da página

O Globo: Sorocaba receberá, sim, ambulâncias para renovação total de sua frota em 2018

Escrito por André | | Publicado: Sábado, 03 de Março de 2018, 15h33 | Última atualização em Segunda, 05 de Março de 2018, 13h47

Em todo país, 2.173 novas unidades serão entregues até o fim do ano. Com isso, será possível renovar 65,7% de toda a frota do SAMU 192

Sobre a reportagem "Temer entrega ambulâncias em cidade que não vai recebê-las", diferente do que afirma o jornal O Globo, o Ministério da Saúde informa que a cidade de Sorocaba (SP) renovará 100% de sua frota ainda neste ano.

O município habilitou 6 ambulâncias em 2007 e 01 outra em 2017, para atuar no SAMU 192 (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência). Nos anos de 2011 e 2013, houve renovação da frota das ambulâncias de Sorocaba. Em 2017, por meio de emendas parlamentares, a cidade recebeu a liberação para renovar 2 de suas ambulâncias e, o repasse integral dos recursos acontecerá nesta semana, permitindo ao município realizar a aquisição desses veículos. Neste ano, os outros veículos entram, novamente, no ciclo de renovação de frota. Assim, Sorocaba terá a totalidade de suas unidades renovadas até o final de 2018. Vale observar que os recursos estão previstos no Orçamento da União.

O jornal ainda omite a razão de o município ter sido escolhido para a cerimônia com o presidente da República. O evento foi realizado devido ao fornecedor, a Denigris, e a transformadora, a REV, ter sede em Sorocaba (SP). Na cerimônia, foram entregues 300 novas ambulâncias para renovar a frota do SAMU 192 em todo o país. Os veículos vão atender a necessidade de 219 municípios brasileiros em 25 estados. Já haviam sido entregues 562 ambulâncias no ano passado para reforçar o atendimento da população e a expectativa é chegar a 2.173 novas unidades até o fim do ano. Com isso, será possível renovar 65,7% de toda a frota. O objetivo é trocar todas as ambulâncias com mais de três anos de uso.

Sobre o Centro Nacional de Pesquisa em Energia e Materiais (CNPEM), pela internet, no portal da Transparência, é possível verificar que o governo federal repassou para a unidade R$ 389,7 milhões. Trata-se de uma iniciativa do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovação e Comunicações.

O Ministério da Saúde está à disposição para, de forma transparente, atender quaisquer dúvidas e informações.

Fim do conteúdo da página