Ir direto para menu de acessibilidade.
    Você está aqui:
  1. Página inicial
  2. >
  3. Últimas notícias
  4. >
  5. Agência Saúde
  6. >
  7. Bahia ganha novo acelerador linear para ampliar assistência oncológica
Início do conteúdo da página

Bahia ganha novo acelerador linear para ampliar assistência oncológica

Escrito por Tatiana Teles | Publicado: Sexta, 23 de Março de 2018, 12h47 | Última atualização em Sexta, 23 de Março de 2018, 12h51

Novo equipamento está instalado no Hospital Aristides Maltez, referência no estado para o tratamento a pacientes com câncer. Ainda na capital baiana, Ricardo Barros foi homenageado com o título de Embaixador de Irmã Dulce

O estado da Bahia já conta com um novo aparelho de acelerador linear para a população que busca assistência oncológica no Sistema Único de Saúde. O equipamento está instalado no Hospital Aristides Maltez, em Salvador, que é referência em tratamento oncológico no estado. O novo acelerador foi adquirido por meio de convênio com o Instituto Nacional do Câncer (INCA). A inauguração aconteceu nesta sexta-feira (23/3) e contou com a presença do ministro da Saúde, Ricardo Barros.

“Esse equipamento vai ampliar a assistência em todos os estados em um campo na saúde que o tempo é essencial para a melhor resposta do tratamento oncológico. Com a economia de R$ 5 bilhões que conseguimos nesse período, reaplicamos integralmente na ampliação de serviços no SUS”, afirmou o ministro da Saúde.

O hospital filantrópico Aristides Maltez atende 100% SUS e possui habilitação como Centro de Assistência de Alta Complexidade em Oncologia (CACON). A unidade é uma das que mais realizam cirurgias oncológicas no país. Em 2017, foram realizadas 9,5 mil cirurgias, 250 aplicações de radioterapia e 40 mil sessões de quimioterapia. No ano passado, a unidade registrou 9.054 casos novos de câncer (27% próstata, 19% mama e 13% colo de útero.

A unidade possui 232 leitos, sendo 10 de UTI. Em 2017 foram realizadas aproximadamente 12 mil internações, mais de 40 mil consultas e 3,4 milhões de procedimentos ambulatoriais. O Hospital também realiza procedimentos de braquiterapia (radioterapia invasiva), iodoterapia, ressonância magnética e tomografia na alta complexidade. Também possui um centro de medicina nuclear.

IRMÃS DULCE

Ainda na capital do estado, o ministro foi homenageado com o título de Embaixador de Irmã Dulce, pelo relevante apoio à instituição do Anjo Bom no transcurso da sua gestão junto ao Ministério da Saúde.

“Eu comecei prefeito e continuo no sexto mandato de deputado federal e continuo com essa missão de servir, que aprendi com meu pai. Na Bíblia diz assim Toda autoridade vem de Deus e diz também, vem de Deus o dom de governar, então temos a missão de fazer bem a tarefa e cumprir os designíos que nos são determinados”, ressaltou o ministro da Saúde ao agradecer a homenagem. Ricardo Barros ainda completou que a instituição tem uma excelente relação entre melhor custo e efetividade. “Isso quer dizer que, com os mesmos recursos aqui se produz mais, mais saúde, mais atendimento, mais solução para os problemas da comunidade”, completou o ministro.

Apenas nesta gestão, a instituição filantrópica recebeu R$ 20,4 milhões para ampliação e qualificação dos serviços de média e alta complexidade dedicados ao Sistema Único de Saúde (SUS). Desse total, R$ 1,8 milhão dizem respeito à habilitação e custeio de serviços oncológicos, que possibilitará a aquisição de um aparelho de ressonância magnética, sono antigo da instituição. O equipamento realiza exames em alta definição e é utilizado no tratamento de pacientes com câncer.

Além disso, as Obras Sociais Irmãs Dulce recebem do Governo Federal, ao todo, R$ 90 milhões por ano, valor que representa 7% do total de recursos repassados ao estado da Bahia.

BAHIA/PORTUGAL

Em Salvador, o ministro também participou da conferência “Bahia/Portugal – um mar de oportunidades”.  O evento foi promovido pela emissora de rádio portuguesa e têm como debate os negócios entre os dois países nas diversas áreas de atuação.

Por Nicole Beraldo e Gustavo Frasão, da Agência Saúde
Atendimento à Imprensa

(61) 3315-2898/3580

Fim do conteúdo da página