Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro

Banner estatico portal 960 x 100

Início do conteúdo da página

Curitiba receberá R$ 4,4 milhões para compra de equipamentos de saúde

Escrito por neyfla.garcia | | Publicado: Sexta, 11 de Maio de 2018, 13h08 | Última atualização em Sexta, 11 de Maio de 2018, 18h00

Os recursos serão utilizados para compra de equipamentos para serviços de saúde que compõe a atenção básica e especializada do município

Crédito: Erasmo Salomão/MSParaná Occhi

Os serviços de saúde de Curitiba (PR) serão contemplados com o investimento federal de R$ 4,4 milhões. O recurso será destinado para a compra de equipamentos e materiais de uso médico para atenção básica e atenção especializada. A medida irá ampliar e qualificar o atendimento nesses serviços que são utilizados pela população por meio do Sistema Único de Saúde (SUS). O anúncio foi feito pelo ministro da Saúde, Gilberto Occhi, nesta sexta (11), durante agenda na capital paranaense com o prefeito Rafael Greca.

“Estamos liberando hoje emendas parlamentares e temos que agradecer a bancada federal pelo apoio de sempre. Com esse investimento estamos trazendo equipamentos e custeio de serviços. O nosso objetivo é manter o SUS como um sistema universal para todos e o nosso esforço é proporcionar cada vez mais atendimentos de qualidade, fortalecendo, principalmente, a prevenção”, destacou o ministro da Saúde, Gilberto Occhi.

Com esse novo recurso, o objetivo é dar condições para que o município possa garantir a compra de equipamentos, melhorando a estrutura de suas unidades públicas de saúde, sejam elas Unidades Básicas de Saúde (UBS), Unidades de Pronto Atendimento (UPA) ou hospitais. A medida beneficia diretamente toda a população de Curitiba e região que depende do SUS. Os valores serão pagos em parcela única diretamente ao Fundo Municipal de Saúde do município.

Box Title

Cerca de 30 milhões de doses da vacina já estão em todos os postos de saúde”, afirmou o ministro da Saúde, Gilberto Occhi

Os novos equipamentos serão disponibilizados em dois hospitais e em 20 unidades básicas. O Hospital do Idoso Zilda Arns será contemplado com um sistema de vídeo de laparoscopia para cirurgia minimamente invasiva. Já o Hospital do Trabalhador será equipado com novas camas hospitalares, incubadora neonatal, ventilador pulmonar e cardiotocógrafo. As unidades básicas serão contempladas com aparelhos autoclave, utilizado na esterilização de materiais.

ENTREGA DE EQUIPAMENTOS DE SAÚDE

O ministro da Saúde, Gilberto Occhi, também participa da cerimônia de entrega de equipamentos para 111 unidades básicas de saúde de Curitiba, adquiridos com recursos de emendas parlamentares liberadas pelo Ministério da Saúde em 2016 no valor de R$ 4,4 milhões. 

Com a verba, foram adquiridos 107 seladoras, 89 dermatoscópios, 111 geladeiras para insulina, 26 equipamentos odontológicos completos, 1 fotopolimerizador, 113 balanças pediátricas, 232 camas ginecológicas e 106 poltronas. Todos os equipamentos estão no almoxarifado da prefeitura e serão entregues às unidades nas próximas semanas.

RECURSOS PARANÁ

Estão previstas ainda para as próximas semanas a liberação de mais R$ 67,1 milhões em recursos extras ao estado do Paraná para aquisição de ambulâncias, transportes eletivos, castra-móveis e gabinetes odontológicos completos, além de custeio de unidades, com incrementos do Piso de Atenção Básica e Teto Mac, contemplando 300 municípios.

Entre 2016 e 2017, o Paraná recebeu cerca de R$ 550 milhões de recursos federais para custear serviços, abertura de leitos, compra de equipamentos e novas habilitações em mais de 400 municípios. Apenas em 2016, foram repassados mais de R$ 150 milhões entre habilitações de leitos e outros serviços ambulatoriais e hospitalares. Em 2017, foram repassados cerca de R$ 400 milhões para custear esses serviços.

O estado também ganhou um reforço de R$ 23,6 milhões na Atenção Básica, beneficiando 88 municípios. O recurso diz respeito à habilitação de 348 novos Agentes Comunitários de Saúde, 99 Equipes de Saúde da Família, 78 Equipes de Saúde Bucal e 29 Núcleos de Apoio à Saúde da Família.

Durante o período, também foram habilitadas 16 UPAS 24hs em 15 municípios do estado, com um custo de R$ 26 milhões. Esse ano, o Ministério da Saúde anunciou a doação de 23 ambulâncias para renovação da frota do SAMU 192 em 18 municípios do estado, totalizando um investimento de R$ 5,07 milhões.

Por Gustavo Frasão, da Agência Saúde 
Atendimento à imprensa – Ascom/MS
(61) 3315-3580 / 3533

Fim do conteúdo da página