Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro

Todas as crianças de 6 meses a menores de 1 ano devem ser vacinadas contra o sarampo

Início do conteúdo da página

FAB transporta medicamentos para garantir atendimento à população

Escrito por Nicole Beraldo | | Publicado: Terça, 29 de Maio de 2018, 15h17 | Última atualização em Terça, 29 de Maio de 2018, 16h59

Foram enviados insumos para tratamento de pacientes renais crônicos. O Ministério da Saúde tem monitorado a distribuição de medicamentos no país

Box Title

Crédito: Agência Força Aérea

Para garantir o atendimento e a continuidade do tratamento a pacientes renais crônicos, a Força Aérea Brasileira (FAB) transportou medicamentos e insumos para serviços de hemodiálise em Recife e Caruaru (PE). A carga foi enviada na tarde de segunda-feira (28) e na madrugada de hoje (29) em diferentes voos. A medida, em apoio ao Ministério da Saúde, tem como objetivo evitar possíveis interrupções e desabastecimento na rede assistencial de todo o país. Ao todo, serão encaminhadas 16 toneladas de produtos nos próximos dias.

O atendimento foi realizado de forma emergencial após a equipe de monitoramento do Ministério da Saúde ter verificado que a carga estava presa em Montes Claros (MG). A ronda é feita desde o início da paralisação dos caminhoneiros e, nesta segunda-feira (28), foi instituída uma Sala de Situação com a participação de todas as áreas do Ministério, com apoio do Conass e Conasems, que representam as secretarias estaduais e municipais de saúde de todo o país.

O apoio da Força Aérea Brasileira (FAB) será apenas para situações de emergência. A prioridade é a distribuição de medicamentos e insumos essenciais para a saúde da população, como aqueles usados no tratamento de Hemodiálise, para transplantados, oncológicos e de uso contínuo.

EMPRESAS AÉREAS PRIORIZAM EMBARQUE DE MEDICAMENTOS

O ministro da Saúde, Gilberto Occhi, encaminhou na segunda-feira (28) ofício para as companhias aéreas do país, Associação Brasileira de Empresas Aéreas (Abear) e Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC) solicitando a prioridade no embarque de medicamentos para atender demandas urgentes de tratamento da população. Em resposta ao pedido do Ministério, aproximadamente duas toneladas de dez medicamentos para transplante, tratamento de câncer, doença de Gaucher, esclerose múltipla e artrite remautoide foram encaminhadas para 10 estados do país – SP, RJ, PE, ES, BA, MT, MS, PR, SC e PA.

Além da FAB, o Ministério da Saúde atua também com o apoio das polícias, federal e locais, para viabilizar a passagem das carretas com medicamentos em pontos obstruídos nas estradas. Em alguns casos, são feitas escoltas durante o trajeto.

SALA DE SITUAÇÃO DO MINISTÉRIO DA SAÚDE

A Sala de Situação do Ministério da Saúde tem como objetivo monitorar o atendimento em toda a rede assistencial, evitando possíveis interrupções e desabastecimento nos serviços essenciais e de urgência e emergência. Os estados e municípios são os responsáveis pela organização da rede de saúde local. Assim, as necessidades estão sendo atendidas com o apoio das secretarias de saúde e de outras forças federais.

Por Nicole Beraldo, da Agência Saúde
Atendimento à imprensa 
(61) 3315- 3880 / 3580

Fim do conteúdo da página