Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro

Banner estatico portal 960 x 100

Início do conteúdo da página
assistência à saúde

Nova Friburgo ganha recursos para ampliar assistência à saúde

Escrito por Gustavo Frasão | | Publicado: Sexta, 29 de Junho de 2018, 11h38 | Última atualização em Sexta, 29 de Junho de 2018, 12h19

Os recursos são destinados à aquisição de equipamentos para os serviços de média e alta complexidade, ampliando a assistência para a população do município e região

A população do município de Nova Friburgo, no Rio de Janeiro, será beneficiada com um reforço de R$ 10 milhões para ampliar e qualificar os serviços de assistência à saúde da região. Os recursos serão destinados à aquisição de equipamentos e materiais permanentes, aos serviços de média e alta complexidade. O recurso foi destinado ao Hospital Raul Sertã, no município de Nova Friburgo, para custeio de procedimentos ambulatoriais e hospitalares eaquisição de equipamentos e materiais permanentes, por meio de emendas parlamentares.  

“Este reforço financeiro do Governo federal são destinados para fortalecer a rede de assistência à saúde do município. Com esse recurso, espero que possamos manter e ampliar alguns serviços importantes de média e alta complexidade beneficiando a população do Rio de Janeiro”, destacou o ministro da Saúde, Gilberto Occhi.

O Limite Financeiro de Média e Alta Complexidade (Teto Mac) é um recurso do Governo Federal enviado mensalmente aos estados e municípios para custeio e habilitações da assistência hospitalar no SUS. São serviços e procedimentos de média e alta complexidade, como leitos, cardiopatia congênita infantil, exames clínicos, laboratoriais e de imagem, além de procedimentos na área de oncologia, traumato-ortopedia, nefrologia, neurologia, cardiologia, transplantes, obesidade, entre outros.

ASSISTÊNCIA À SAÚDE NO HOSPITAL RAUL SERTÃ

Durante agenda, o ministro Gilberto Occhi também visitou o Hosiptal Sertã. A unidade é referência no atendimento de média e alta complexidade em urgência e emergência. Os atendimentos ambulatoriais do estabelecimento representam 27% (728.250) do total realizado pelo município e concentra 57% do total de internações (5.602) de Nova Friburgo. Possui 177 leitos pelo SUS (44% do total do município), sendo 12 deles de UTI, representando 67% do total do município.

Entre 2015 e 2018, recebeu do Ministério da Saúde a quantia de R$ 11,5 milhões, por meio de emendas parlamentares, para aquisição de equipamentos e materiais permanentes. A unidade recebe ainda, anualmente, R$ 2,2 milhões pela Rede de Urgência e Emergência.

Em 2017 o hospital também recebeu do Ministério da Saúde, cerca de R$ 7,9 milhões para custear internações hospitalares e R$ 2,9 milhões para custeio de procedimentos ambulatoriais na unidade.

Por Nicole Beraldo, da Agência Saúde
Atendimento à imprensa
(61) 3315-3580 / 3533

Fim do conteúdo da página