Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro

Banner estatico portal 960 x 100

Início do conteúdo da página

Alagoas recebe R$ 9,1 mi para atendimentos no SUS

Escrito por carolina.valadares | | Publicado: Segunda, 02 de Julho de 2018, 14h39 | Última atualização em Quinta, 05 de Julho de 2018, 18h33

Vinte e oito municípios receberão verbas para qualificar a atenção básica e domiciliar e habilitação de leitos de UTI. Também foram entregues caminhonetes para o combate ao Aedes aegypti

Crédito: Erasmo Salomão/MS Alagoas caminhonetes

A população de Alagoas recebeu um reforço de R$ 9,13 milhões para ampliar e qualificar os atendimentos de saúde da região. Vinte e oito municípios terão verbas para reforçar a assistência à saúde. São R$ 3,25 milhões para qualificar e reforçar o atendimento nas unidades. Além disso, são R$ 3,8 milhões para qualificar a atenção hospitalar, com habilitação de quatro leitos UTI, quatro leitos de cuidado intermediário e uma nova equipe. Também serão entregues 20 caminhonetes para ações de vigilância em saúde, no valor de R$ 2 milhões.

“São mais de R$ 9 milhões de investimentos que envolvem inclusive atenção básica. Tamém estamos entregando aqui 20 caminhonetes que vão auxiliar 20 municípios diferentes na vigilância e no combate ao Aedes aedypti e habilitando muito serviços que foram solicitados. É um esforço grande para melhorar a saúde de Alagoas”, disse o ministro Gilberto Occhi.

O recurso para a atenção básica, no total de R$ 3,25 milhões, é destinado para novas equipes de saúde da família, agentes comunitários, núcleo de atenção, centros de especialidades odontológicas. As unidades básicas de saúde podem resolver 80% dos problemas de saúde.

Para a atenção hospitalar e domiciliar, serão R$ 3,8 milhões destinados à habilitação de Equipes Multiprofissionais de Atenção Domiciliar (EMAD) e Equipes Multiprofissionais de Apoio (EMAP) e novos leitos. O Programa Melhor em Casa (Atenção Domiciliar) pode reduzir a demanda por atendimento hospitalar, diminuir o período de internação e promover a humanização da atenção, a desinstitucionalização e ampliação da autonomia dos pacientes.

COMBATE AO AEDES 

O estado de Alagoas contará também com reforço de 20 caminhonetes para 20 cidades do estado para realização de ações de combate ao mosquito Aedes aegypti. O investimento total foi de R$ 2 milhões.

Os veículos serão utilizados em atividades de prevenção e controle de endemias, como doenças transmitidas pelo mosquito Aedes aegypti, com investimento de R$ 2 milhões. Foram contemplados os municípios de Arapiraca, Batalha, Boca da Mata, Campo Alegre, Campo Grande, Capela, Colônia Leopoldina, Junqueiro, Lagoa da Canoa, Limoeiro do Anadia, Maceió, Maragogi, Maribondo, Palmeira dos Índios, Pilar, Rio Largo, São José da Laje, São Miguel dos Campos, São Sebastião e Teotônio Vilela.

REHUF

A rede pública de saúde de Alagoas também recebeu no mês de maio um reforço na ordem de R$ 2,6 milhões. O recurso é para fortalecer, ampliar e qualificar os serviços de assistência à saúde e áreas de ensino/pesquisa oferecidos pelo Hospital Universitário Professor Alberto Antunes, em Maceió, que atende pelo Sistema Único de Saúde (SUS). O valor pode ser utilizado pelo gestor para custear os atendimentos e procedimentos hospitalares, financiar obras de reforma e ampliação dos espaços e estruturas físicas, aquisição de materiais médico-hospitalares, modernizando o ambiente e a forma de cuidar dos pacientes, conforme a necessidade e o planejamento de cada instituição.

 

Por Carolina Valadares, da Agência Saúde
Atendimento à imprensa
(61) 3315-3580 / 3533

Fim do conteúdo da página