Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
    Você está aqui:
  1. Página inicial
  2. >
  3. Últimas notícias
  4. >
  5. Agência Saúde
  6. >
  7. Vacina contra gripe atinge 90% do grupo prioritário
Início do conteúdo da página

Vacina contra gripe atinge 90% do grupo prioritário

Escrito por victor.araujo | Publicado: Quarta, 18 de Julho de 2018, 11h56 | Última atualização em Terça, 24 de Julho de 2018, 14h57

Apesar de alcançar a meta do Ministério da Saúde, gestantes e crianças continuam com a cobertura da vacina de gripe abaixo dos 80%

O Ministério da Saúde conseguiu atingir a meta de vacinar 90% do público-alvo da campanha de vacinação contra a gripe. De acordo com o último boletim, divulgado pela pasta nesta terça-feira (17/07), 90,19% da população prioritária está imunizada contra a doença, o que representa 51,4 milhões de pessoas. As regiões Centro-Oeste (99,45%) e Nordeste (94,71%), ainda são as únicas que ultrapassaram a meta. Norte e Sudeste apresentaram a menor cobertura vacinal contra gripe (86,61%) e (86,9), respectivamente. Na Região Sul, a cobertura, até o momento, é 88,6%.  

Apesar da meta ter sido alcançada de forma geral entre a população prioritária, o grupo de gestantes e crianças - de seis meses a menores de cinco anos - continuam com cobertura vacinal contra a gripe de 77,8% e 76,5%, respectivamente. “Temos que continuar avançando, principalmente em gestantes e crianças. Esses públicos ainda podem procurar um posto e vacinar contra a gripe. Lembrem-se que vacinar, é proteger”, destacou a coordenadora do Programa Nacional de Imunizações do Ministério da Saúde, Carla Domingues.

Os estados com as taxas mais baixas de vacinação contra a gripe são Roraima, com 67,1%, Rio de Janeiro, com 77,9% e Acre, com 79,1%. Os que já atingiram a meta de vacinação foram: Goiás (106,7%), Ceará (104,3%), Amapá (100,3%), Distrito Federal (98,2%), Espírito Santo (97%), Pernambuco (96,3%), Tocantins (96,2%), Alagoas (94,7%), Minas Gerais (94,8%), Mato Grosso (94%), Maranhão (94,2%), Paraíba (93,3%), Rio Grande do Norte (92,9%), Sergipe (92,9%), Paraná (92,5%), Piauí (91,6%) e Mato Grosso do Sul (90,9%). 

Desde o último dia 25 de junho, os municípios que ainda possuem vacinas contra a gripe disponíveis, puderam estender a vacinação também para crianças de cinco a nove anos e adultos de 50 a 59 anos. Nestes dois grupos, já foram aplicadas 1.233.120 doses, sendo 499.707 em crianças de cinco a nove anos e 676.311 nos com idades entre 50 e 59 anos.

A vacina contra gripe é segura e é a intervenção mais importante para evitar casos graves e mortes pela doença. A vacina trivalente protege contra três cepas do vírus influenza. Para 2018, a Organização Mundial da Saúde definiu a composição da vacina com duas cepas de influenza A (H1N1 e H3N2) e uma linhagem de influenza B.

CASOS DE GRIPE NO BRASIL

O último boletim do Ministério da Saúde aponta que, até 16 de julho, foram registrados 4.680 casos de influenza em todo o país, com 839 óbitos. Do total, 2.813 casos e 567 óbitos foram por H1N1. Em relação ao vírus H3N2, foram registrados 991 casos e 140 óbitos. Além disso, foram 335 registros de influenza B, com 46 óbitos e os outros 541 de influenza A não subtipado, com 86 óbitos. Entre os estados, os com maiores casos são São Paulo (1.702), Ceará (376), Paraná (432) e Goiás (378).

UF

Doses distribuídas

Doses aplicadas

Cobertura vacinal

RO

428.600

349.002

88,3%

AC

239.200

172.702

79,1%

AM

1.130.200

871.765

82,7%

RR

219.400

122.058

67,1%

PA

2.063.000

1.731.106

88,2%

AP

195.400

179.789

100,3%

TO

406.600

375.036

96,2%

MA

1.858.500

1.638.612

94,2%

PI

888.900

779.822

91,6%

CE

2.515.300

2.441.155

104,3%

RN

967.400

872.203

92,9%

PB

1.176.700

1.029.567

93,3%

PE

2.639.300

2.385.146

96,3%

AL

866.700

789.582

94,7%

SE

562.700

505.712

92,9%

BA

4.013.600

3.398.095

89,6%

MG

6.153.100

5.647.503

94,8%

ES

1.060.400

983.484

97%

RJ

5.007.600

3.772.948

77,9%

SP

13.808.000

11.704.092

86,1%

PR

3.467.900

3.276.087

92,5%

SC

2.058.400

1.844.988

88,9%

RS

4.015.800

3.537.889

84,8%

MS

811.200

724.682

90,9%

MT

850.500

772.959

94%

GO

1.812.600

1.851.977

106,7%

DF

788.500

743.260

98,2%

BRASIL

60.005.500

52.498.555

90,19%

 

Por Victor Maciel, da Agência Saúde 
Atendimento à imprensa 
(61) 3315-3580 / 2351 / 2745 

Fim do conteúdo da página