Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro

Campanha Amamentação 2019

Início do conteúdo da página

Ministério da Saúde atualiza casos de sarampo

Escrito por amanda.mendes | | Publicado: Quarta, 29 de Agosto de 2018, 11h29 | Última atualização em Quarta, 29 de Agosto de 2018, 11h29

Até 28 de agosto, são 1.553 casos de sarampo confirmados em todo país. No Amazonas, são 1.211, e em Roraima, 300. Todos estão relacionados à importação

O Ministério da Saúde atualizou, nesta terça-feira (28), as informações repassadas pelas secretarias estaduais de saúde sobre a situação do sarampo no país. Até o dia 28 de agosto, foram confirmados 1.553 casos e 6.975 permanecem em investigação. Atualmente, o país enfrenta dois surtos de sarampo: no Amazonas que já computa 1.211 casos e 6.905 em investigação, e em Roraima, com o registro de 300 casos da doença, sendo que 70 continuam em investigação. Entre os confirmados em Roraima, 9 casos foram atendidos no Brasil e estão recebendo tratamento, mas residem na Venezuela.

Os surtos estão relacionados à importação, já que o genótipo do vírus (D8) que está circulando no país é o mesmo que circula na Venezuela, país que enfrenta um surto da doença desde 2017.  Alguns casos isolados e relacionados à importação foram identificados nos estados de São Paulo (2), Rio de Janeiro (18); Rio Grande do Sul (16); Rondônia (2), Pernambuco (2) e Pará (2).

O Ministério da Saúde permanece acompanhando a situação e prestando o apoio necessário aos Estados. Cabe esclarecer que as medidas de bloqueio de vacinação, mesmo em casos suspeitos, estão sendo realizadas em todos os estados.

Até o momento, no Brasil, foram confirmados 7 óbitos por sarampo, sendo 4 óbitos no estado de Roraima (3 em estrangeiros e 1 em brasileiro) e 3 óbitos no estado do Amazonas (todos brasileiros, sendo 2 do município de Manaus e 1 do município de Autazes).

CAMPANHA DE VACINAÇÃO

A Campanha Nacional Contra a Poliomielite e Sarampo atingiu, até esta terça-feira (28), 70% das crianças de um ano a menores de cinco em todo o país. No total, mais de 15,7 milhões de doses contra a pólio e o sarampo (cerca de 7,8 milhões de cada) foram aplicadas desde o início da campanha – 6 de agosto. A meta do Ministério da Saúde é vacinar pelo menos 95% das 11,2 milhões de crianças, independente da situação vacinal anterior, até o dia 31. Até o momento, 3,3 milhões de crianças ainda não receberam as vacinas.

“Esse é um movimento de todos, um trabalho de todos para proteger as nossas crianças. Pais e responsáveis devem levar as crianças que ainda não foram vacinadas, independente da situação vacinal anterior, já que neste ano a campanha é indiscriminada. O esforço do país é impedir que  doenças já eliminadas não retornem o Brasil", enfatiza o ministro da Saúde, Gilberto Occhi.

Para a poliomielite, as crianças que ainda não tomaram nenhuma dose da vacina serão vacinadas com a Vacina Inativada Poliomielite (VIP). As crianças que já tiverem tomado uma ou mais doses receberão a gotinha (Vacina Oral Poliomielite - VOP). Em relação ao sarampo, todas as crianças devem receber uma dose da vacina tríplice viral, independente da situação vacinal. A exceção é para as que tenham recebido a vacina nos últimos trinta dias, que não necessitam de uma nova dose.

Os dados de algumas capitais mostram que o esforço dos vacinadores nessa reta final tem apresentado bons resultados. Neste fim de semana, os estados de São Paulo, Minas Gerais, Pernambuco, Maranhão, Espírito Santo e Amapá promoveram mais um dia de mobilização para vacinação. No estado do Amapá, a dedicação desses profissionais de saúde em vacinar as crianças que moram em locais de difícil acesso, garantiu o alcance da meta preconizada para a campanha de 95% de cobertura vacinal para as duas vacinas, além de ultrapassá-la – 99,81% para pólio e 99,43% para sarampo. O mesmo sucesso ocorreu nas capitais Macapá (100,3%/99,8%) e Porto Velho (98,3%/98,3%). 

SARAMPO NO MUNDO

Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), os casos de sarampo chegaram a um número recorde na Europa. Os dados, divulgados pela organização nesta segunda-feira (20/08), apontam que mais de 41 mil crianças e adultos na Região Europeia foram infectados com sarampo nos primeiros seis meses de 2018. O número total de casos para esse período excede os 12 meses reportados em todos os outros anos desta década.

Desde 2010, o ano de 2017 foi o que teve o maior número de casos: 23.927. Em 2016, registrou-se a menor quantidade: 5.273. Além disso, pelo menos 37 pessoas morreram devido à doença neste ano. Sete países da região tiveram mais de uns mil casos neste ano (França, Geórgia, Grécia, Itália, Rússia, Sérvia e Ucrânia). A Ucrânia foi a mais atingida com mais de 23 mil pessoas afetas, o que representa mais da metade da população do país.

BALANÇO DA CAMPANHA NACIONAL DE VACINAÇÃO

 

Público-alvo

Quantitativo de vacinas (VIP, VOP e Tríplice Viral)

POLIOMIELITE

SARAMPO

UF

TOTAL

TOTAL

DOSES APLICADAS

COBERTURA

DOSES APLICADAS

COBERTURA

RO

104.978

265.430

97.890

93,25

96.618

92,04

AC

63.573

160.930

38.085

59,91

37.992

59,76

AM

304.907

770.820

192.010

62,97

237.574

77,92

RR

40.663

102.950

22.002

54,11

20.675

50,84

PA

594.518

1.498.530

345.415

58,10

346.310

58,25

AP

58.705

148.620

58.595

99,81

58.369

99,43

TO

99.049

250.040

70.180

70,85

69.936

70,61

MA

499.042

1.257.300

375.767

75,30

374.798

75,10

PI

197.366

497.630

135.122

68,46

134.192

67,99

CE

509.183

1.285.070

406.357

79,81

407.777

80,08

RN

188.861

476.840

137.787

72,96

136.109

72,07

PB

232.889

587.760

173.838

74,64

172.457

74,05

PE

544.178

1.375.840

447.592

82,25

446.116

81,98

AL

213.391

538.650

159.519

74,75

158.832

74,43

SE

133.395

337.170

101.277

75,92

100.981

75,70

BA

849.361

2.142.310

550.242

64,78

545.313

64,20

MG

1.027.305

2.594.900

734.024

71,45

730.973

71,15

ES

201.833

510.720

164.709

81,61

163.783

81,15

RJ

811.853

2.056.510

416.171

51,26

425.421

52,40

SP

2.202.964

5.580.870

1.551.956

70,45

1.531.360

69,51

PR

581.309

1.471.030

424.883

73,09

422.485

72,68

SC

339.800

859.570

277.599

81,69

279.191

82,16

RS

528.938

1.338.410

362.681

68,57

361.317

68,31

MS

158.083

400.090

108.422

68,59

108.077

68,37

MT

202.216

511.420

138.311

68,40

137.768

68,13

GO

364.626

921.850

275.746

75,62

272.106

74,63

DF

160.292

406.160

86.632

54,05

86.096

53,71

BRASIL

11.213.278

28.347.420

7.852.812

70,03

7.862.626

70,12

 

Por Amanda Mendes, da Agência Saúde
Atendimento à imprensa

(61) 3315-3580 /2745 /2351

Fim do conteúdo da página