Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro

banner vacina2019 v2

Início do conteúdo da página

Vinte e oito municípios do Amazonas não atingiram meta de vacinação contra pólio e sarampo

Escrito por nivaldo.coelho | | Publicado: Quarta, 12 de Setembro de 2018, 11h11 | Última atualização em Quarta, 12 de Setembro de 2018, 14h42

Campanha nacional de vacinação termina na próxima sexta-feira (14). Em todo país, a cobertura vacinal contra a poliomielite e o sarampo está em 94%

A três dias do término da Campanha Nacional de Vacinação, 28 municípios do Amazonas não atingiram a meta de vacinar, pelo menos, 95% das crianças de um a menores de cinco anos contra o sarampo e a poliomielite. Dados preliminares do Sistema de Informação do Programa Nacional de Imunização (SI-PNI), alimentado pelos estados, apontam que o estado de Amazonas vacinou 90,14% do público-alvo contra a pólio e 94,10% contra o sarampo. A capital Manaus registra cobertura mais alta, com 95% das crianças vacinadas. Em todo o estado, foram aplicadas mais de 561.772 mil de doses das duas vacinas.

VACINAÇÃO SARAMPO E POLIMIELITE

Todas as crianças de um a menores de cinco anos devem se vacinar independente da situação vacinal. O ministro da Saúde, Gilberto Occhi, destaca a importância da mobilização de toda a sociedade para atingir a meta de vacinação. “A Campanha termina na próxima sexta-feira (14). Pais e responsáveis devem buscar os postos de vacinação. A vacina é a forma mais eficaz de proteger nossas crianças contra doenças já eliminadas no país”, enfatizou o ministro.

A média nacional de vacinação está em 94%. Foram aplicadas em todo país cerca de 20,8 milhões de doses das vacinas (10,4 milhões de cada vacina). Onze estados e mais de 4 mil (72%) municípios atingiram a meta. Mas cerca de 1.500 cidades ainda devem buscar alternativas para vacinar 95% do público-alvo até a sexta-feira (14), quando se encerra a Campanha Nacional de Vacinação.

Na faixa etária de 3 e 4 anos, a cobertura vacinal está acima da meta, com 96,95% e 95,44%, respectivamente. A maior preocupação é com faixa de um ano de idade, cuja cobertura ainda está em 85,45%. 

O sarampo e a poliomielite são doenças infectocontagiosas que podem resultar em complicações graves para as crianças, além de levar até a casos de morte. 

Para mais informações, acesse as páginas especializadas sobre sarampo, poliomielite e vacinação em geral no portal do Ministério da Saúde.

Confira os municípios que estão com a cobertura vacinal  de Pólio e Sarampo abaixo de 95%.

Municipio

Poliomielite

Sarampo (Tríplice Viral)

Cobertura

Cobertura

BARCELOS

                                                92,3

                                                         91,4

BERURI

                                                93,6

                                                         94,1

BOCA DO ACRE

                                                63,9

                                                         64,1

CAAPIRANGA

                                                84,3

                                                         81,3

CANUTAMA

                                                61,8

                                                         61,8

CAREIRO

                                                79,6

                                                         75,9

CAREIRO DA VARZEA

                                                76,7

                                                         76,7

COARI

                                                92,8

                                                         92,8

EIRUNEPE

                                                82,3

                                                         81,5

FONTE BOA

                                                73,0

                                                         83,3

GUAJARA

                                                70,4

                                                         70,4

IPIXUNA

                                                53,6

                                                         53,6

ITACOATIARA

                                                88,6

                                                         86,2

ITAMARATI

                                                92,7

                                                         94,9

ITAPIRANGA

                                                91,5

                                                         92,1

LABREA

                                                62,9

                                                         63,3

MANACAPURU

                                                65,5

                                                         60,4

MANICORE

                                                82,0

                                                         81,9

MARAA

                                                58,9

                                                         58,8

NOVO AIRAO

                                                56,7

                                                         52,7

NOVO ARIPUANA

                                                77,9

                                                         77,2

PARINTINS

                                                91,5

                                                         91,5

PAUINI

                                                83,0

                                                         83,2

RIO PRETO DA EVA

                                                52,8

                                                         53,2

SANTA ISABEL DO RIO NEGRO

                                                78,2

                                                         79,5

SAO GABRIEL DA CACHOEIRA

                                                93,5

                                                         93,2

URUCARA

                                                82,4

                                                         80,5

URUCURITUBA

                                                53,0

                                                         54,8

 

 

Por Victor Maciel, da Agência Saúde
Atendimento à imprensa

(61) 3315-3580 /2745 /2351

Fim do conteúdo da página