Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro

INFORME AS DOSES E ESTOQUES DAS VACINAS EM SEU MUNICÍPIO ATÉ 30/11

Início do conteúdo da página

Nova metodologia de gestão de Emergências gera resultados

Escrito por Alessandra Bernardes | | Publicado: Sexta, 26 de Janeiro de 2018, 13h34 | Última atualização em Quarta, 07 de Fevereiro de 2018, 11h34

A ferramenta oferecida pelo Ministério da Saúde já foi implantada em seis hospitais no país

O Sistema Lean que pode ser traduzido como produção enxuta é uma metodologia japonesa que após a Segunda Guerra mundial chegou ao ocidente e foi utilizada em praticamente todos os setores produtivos. A partir da década de 90 houve uma adaptação para utilização na área da Saúde com impactos muito positivos.

A atual gestão do Ministério da Saúde trouxe para o SUS essa metodologia que melhora a gestão racionalizando recursos, otimiza espaço e insumos. O secretário de Atenção à Saúde do Ministério da Saúde Francisco de Assis Figueiredo que é especialista em Gestão Hospitalar enxergou nos desafios do SUS uma oportunidade para alcançar melhores resultados, “quando se identificou que a superlotação é um problema de fluxo intra-hospitalar, passamos a racionalizar os recursos para qualificar o trajeto do paciente dentro das unidades” exemplifica o Secretário.

Veja um pouco mais sobre esse sistema do hospital neste vídeo Realizado pelo Governo do Estado de Goiás
A ferramenta é utilizada atualmente pelo Hospital Regional da Região Noroeste de Goiânia Governador Otávio Lages Siqueira (HUGOL) em Goiás, Hospital Odilon Behrens de Belo Horizonte em Minas Gerais, Hospital São José de São José em Santa Catarina, o Hospital Geral de Palmas no Tocantins, Hospital de Messejana em Fortaleza no Ceará e o Hospital Geral do Grajaú na cidade de São Paulo, todos são 100% SUS e estão utilizando a metodologia com excelentes resultados. Os gestores que tiverem interesse neste projeto precisam solicitar ao Ministério da Saúde. É iniciado com um diagnóstico operacional, depois uma capacitação e planejamento operacional sempre com acompanhamento profissional. O projeto do Ministério da Saúde é realizado em parceria com o Hospital Sírio Libanês.

O HUGOL inaugurado em junho de 2015 passou a utilizar a metodologia Lean em julho do ano passado através da iniciativa do Ministério da Saúde e já apresentou resultados impactantes na saúde dos pacientes. Entre junho de 2015 e junho de 2017 a média mensal de atendimentos do hospital era de um pouco menos de 5 mil atendimentos e com a implementação do novo sistema a partir de julho de 2017 passou a atender quase 6 mil e quinhentas pessoas por mês um aumento de 29%, sem superlotar nenhuma área do hospital.

Por Tiago Souza, do Nucom SAS 
(61) 3315-3580 / 2745 / 2351

Fim do conteúdo da página