Ir direto para menu de acessibilidade.
    Você está aqui:
  1. Página inicial
  2. >
  3. Últimas notícias
  4. >
  5. Notícias SE
  6. >
  7. Seminário PROADI-SUS: Ministro aponta mais melhorias para o SUS
Início do conteúdo da página

Seminário PROADI-SUS: Ministro aponta mais melhorias para o SUS

Escrito por Tatiana Teles | Publicado: Quinta, 25 de Janeiro de 2018, 16h10 | Última atualização em Quinta, 25 de Janeiro de 2018, 16h20

O evento contou com a participação de representantes do CONASS, CONASEMS e ANVISA

O ministro Ricardo Barros afirmou que os investimentos em projetos do Programa de Desenvolvimento Institucional do Sistema Único de Saúde (Proadi-SUS) devem se reverter em melhorias para o SUS. “ Nossa preocupação é dar mais efetividade às ações desses projetos para que os investimentos se revertam em melhorias para o SUS”

Confira as fotos do evento

A fala do ministro ocorreu na manhã de terça (23/01) durante a realização do “Seminário de Planejamento Técnico do PROADI-SUS/Triênio 2018-2020”, na sede do Ministério da Saúde, em Brasília-DF. O evento, de caráter avaliativo,  reuniu representantes do Conselho Nacional de Secretários de Saúde (CONASS), Conselho Nacional de Secretarias municipais de Saúde (CONASEMS), secretários e diversos gestores de departamentos do Ministério da Saúde e a  Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA).

De formato participativo, o seminário contou com apresentações de projetos, a partir de 3 Grupos Temáticos (GTs), inseridos no novo triênio do Proadi-SUS. O Programa, criado para dar robustez ao desenvolvimento institucional do Sistema Único de Saúde (SUS) é composto por cinco hospitais de excelência, são eles: Sírio Libanês, Albert Einstein, Alemão Oswaldo Cruz, Hospital do Coração e Moinhos de Vento.

Ouça o diretor do Hospital Moinhos de Vento, Luciano Hammes

A evolução e potencial do Programa são pontos importantes na visão do secretário executivo do Ministério da Saúde, Antônio Carlos Nardi. “O PROADI-SUS tem comprovado a sua relevância para o fortalecimento e para a qualificação de ações que consolidam o sistema de saúde brasileiro, gerando benefícios para a população”, destacou.

O protagonismo compartilhado entre os hospitais de excelência e o Ministério é a marca do novo triênio, de acordo com a diretora do Departamento de Economia da Saúde, Investimento e Desenvolvimento do Ministério da Saúde (DESID/MS), Ana Cristina Wanzeler. “ Esse protagonismo envolve não apenas a área técnica, mas também a alta gestão do Proadi-SUS no Ministério da Saúde. É um avanço que mostra a importância do programa para o SUS, com benefícios para a população”, avaliou.

A gestora apresentou a legislação atualizada do Proadi-SUS, composta por parâmetros de apresentação, análise, aprovação, monitoramento e prestação de contas de projetos de apoio e para a prestação de serviços ambulatoriais e hospitalares do programa.  “ Temos uma previsão de 2,2 bilhões de renúncia já para o novo triênio e é fundamental avançarmos no sentido de se dimensionar os impactos positivos desses projetos para SUS”, defendeu.

Representante dos hospitais de excelência, Luciano Hammes, chamou a atenção para os avanços da nova portaria que alinha as necessidades do Ministério com as competências acumuladas pelos hospitais participantes do Programa.

Ouça o diretor do Hospital Moinhos de Vento, Luciano Hammes

O secretário executivo do CONASS, Jurandi Frutuoso, e o presidente do CONASEMS, Mauro Junqueira, parabenizaram a realização do evento, reiterando a importância do Proadi-SUS. A defesa de uma abrangência nacional para os projetos de assistência em saúde foi feita por Junqueira.

Responsável pela secretaria que mais analisa projetos no PROADI-SUS, o secretário de Atenção à Saúde do Ministério da Saúde (SAS/MS), Francisco de Assis Figueiredo, declarou apoio ao crescente aprimoramento do programa, com o propósito de que o Ministério possa aproveitar o melhor da parceria com os hospitais excelência.

Ao todo, 48 projetos demandados pelo Ministério e pelos hospitais de excelência foram apresentados no seminário. A cada exposição, a plateia, composta por analistas técnicos do Ministério e ANVISA, era convidada a fazer intervenções para o aprimoramento das propostas que serão levadas à instância decisória do programa, o Comitê Gestor do PROADI-SUS, que tem reunião agendada para a próxima quinta-feira (25/01).

O Proadi-SUS desenvolve ações no campo das inovações tecnológicas, gerenciais e capacitação profissional, desenvolvendo, incorporando e transferindo novas tecnologias e experiências em gestão. As ações do novo triênio a serem desenvolvidas nos projetos de apoio estão alinhadas aos eixos e diretrizes do Plano Nacional de Saúde 2016/2019, que orienta a implementação de todas as iniciativas de gestão no SUS.

Grupos Temáticos do Proadi-SUS / Triênio 2018-2020

  • Grupo Temático I
    Transplantes
    Cardiovascular
    Gestão de Serviços em Saúde
    Organização de Redes de Atenção
    Oncologia

 

  • Grupo Temático II
    Avaliação de Tecnologia em Saúde (ATS)
    Educação em Saúde

 

  • Grupo Temático II
             Qualidade de Segurança do Paciente
    Vigilância em Saúde
    Vigilância Sanitária

 

Por Mônica Oliveira, Nucom DESID/Secretaria Executiva
Atendimento à imprensa
(61) 3315-3580/2351

Fim do conteúdo da página