Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro

Você já ouviu falar nas crianças borboletas?

Início do conteúdo da página

DSEI Xavante realiza capacitação em Atenção Integrada às Doenças Prevalentes da Infância

Escrito por Leonardo | | Publicado: Sexta, 12 de Setembro de 2014, 10h19 | Última atualização em Sexta, 12 de Setembro de 2014, 10h19

O Distrito Sanitário Especial Indígena (DSEI) Xavante, através da Área Técnica de Saúde da Mulher e Criança em parceria com a Coordenadoria de Ensino, Pesquisa e Extensão da Escola de Saúde Pública de Mato Grosso (ESPMT), realizou, de 04 a 06 de setembro, a capacitação em Atenção Integrada às Doenças Prevalentes da Infância (AIDPI) ao menor de dois meses – Neonatal.

A ação capacitou 30 profissionais das Equipes Multidisciplinares de Saúde Indígena (EMSI), 22 enfermeiros e oito médicos, e ocorreu no auditório da Secretaria de Estado de Ciência e Tecnologia (SECITEC), no município de Barra do Garças (MT,). A proposta da Escola de Saúde Pública de Mato Grosso é selecionar os participantes que tiverem melhor desempenho para fazer o curso de multiplicadores da Estratégia em Cuiabá (MT). As enfermeiras Ingrid Letícia Fernandes dos Santos e Yana Keila Rossetto, a médica Sandra Coenga de Souza e a coordenadora do curso na ESPMT, Eloá de Carvalho Lourenço, atuaram como instrutoras.

Na visão dos participantes o curso foi muito bom e será de grande valia em área indígena, pois apontam os riscos durante a gestação e ao nascer, os sinais gerais de perigo em menores de dois meses, bem como a necessidade de reanimação. Outro aspecto importante do processo de atenção da criança menor de dois meses de idade será ensinar os familiares quando devem buscar atendimento oportuno, pois caso a família espere até que a criança encontre-se gravemente doente para levá-la à consulta, ou pior, leva a criança para ser atendida por pessoas não capacitadas, existe grande possibilidade de que essa doença evolua para morte.

Estudos científicos apontam que a Atenção Integrada às Doenças Prevalentes na Infância (AIDPI) é a principal intervenção disponível para melhorar as condições de saúde na infância nos países em desenvolvimento, pois incorpora todas as normas do Ministério da Saúde relativas à prevenção, promoção e tratamento dos problemas infantis mais frequentes, como aqueles relacionados ao aleitamento materno, promoção da alimentação saudável, crescimento e desenvolvimento, imunização e controle dos agravos à saúde, dessa forma seria de suma importância, ter sua implementação nas Aldeias, promovendo ações básicas que garantam uma melhor saúde às crianças indígenas.

 

Fim do conteúdo da página