Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro

Você já ouviu falar nas crianças borboletas?

Início do conteúdo da página
ORIENTAÇÃO

DSEI Pernambuco realiza oficinas de saúde mental com a comunidade Pankararu

Escrito por Leonardo | | Publicado: Sexta, 19 de Dezembro de 2014, 12h29 | Última atualização em Sexta, 19 de Dezembro de 2014, 12h29

O Programa de Assistência Psicossocial do Distrito Sanitário Especial Indígena (DSEI) Pernambuco encerrou, nessa quinta-feira (18), o terceiro módulo de oficinas que discutiram os problemas que afetam a vida da comunidade indígena Pankararu, povo que habita o Sertão de Itaparica, a 433 km da capital pernambucana. Os principais temas discutidos durante as oficinas foram o alcoolismo, causa da alta incidência de violência doméstica e comunitária, e as vulnerabilidades sociais.

A ação foi programada pelos profissionais da área técnica de saúde mental do DSEI em parceria com o Programa de Humanização do Sistema Único de Saúde (SUS). Participaram das oficinas lideranças indígenas, membros das Equipes Multidisciplinares de Saúde Indígena (EMSI), representantes da Fundação Nacional do Índio (Funai), dos Conselhos de Educação Indígena e de Saúde, do Centro de Referência Especializado de Assistência Social (CREAS) Regional do Sertão de Itaparica, do Programa Atitude do Estado de Pernambuco e das Secretarias Municipais de Saúde dos municípios de Tacaratu, Petrolândia e Jatobá.

O primeiro módulo de oficinas foi realizado entre os dias 28 e 30 de outubro e debateu, com as lideranças e profissionais das EMSI, as demandas relacionadas aos problemas psicossociais enfrentados pela comunidade. O segundo módulo de oficinas foi de 11 a 13 de novembro, quando se discutiram estratégias de enfrentamento dos problemas que afetam a vida da comunidade.

Nesse último módulo, iniciado no dia 16 e encerrado nessa quinta-feira (18), os parceiros se reuniaram para definir estratégias de enfrentamento aos problemas apresentados nas oficinas. Foi elaborado um cronograma de atuação conjunta para o ano de 2015, em parceria com o CREAS regional de Itaparica, o Projeto Atitude, as Secretarias Municipais de Saúde dos municípios próximos da comunidade e Funai regional.

“Também foram discutidos projetos de promoção da saúde dentro da lógica da clínica ampliada. A agenda de diálogo será retomada após o recesso de final de ano e novas reuniões e oficinas serão programadas”, explica a chefe da Divisão de Atenção à Saúde do DSEI Pernambuco, Zaira Zambelli.  

 

 

Fim do conteúdo da página