Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro

INFORME AS DOSES E ESTOQUES DAS VACINAS EM SEU MUNICÍPIO ATÉ 30/11

Início do conteúdo da página
Média Complexidade

Alto Rio Juruá recebe Expedicionários da Saúde em outubro

Escrito por Tatiana Teles | | Publicado: Quarta, 21 de Junho de 2017, 19h07 | Última atualização em Terça, 08 de Maio de 2018, 14h45

O planejamento das atividades foi iniciado em maio, com reunião dos parceiros em Cruzeiro do Sul (AC). Foco nas cirurgias de hérnias, cataratas e pterígio.

Foi dada a largada para a realização da 39ª Expedição da Saúde, que será realizada entre o final de outubro e início de novembro de 2017, no território do Distrito Sanitário Especial Indígena do Alto Rio Juruá (DSEI ARJ), no Acre. Técnicos da Sesai e do DSEI ARJ, representantes da ONG Expedicionários da Saúde, do Ministério da Defesa e militares do Exército e da Aeronáutica estiveram reunidos para o primeiro encontro de planejamento, entre os dias 29/05 e 03/06, no município de Cruzeiro do Sul, sede do DSEI ARJ. O encontro foi seguido por uma série de reuniões e visitas a cinco municípios acreanos (Mâncio Lima, Feijó, Tarauacá, Marechal Taumaturgo e Jordão), para verificar as condições logísticas para a instalação do centro cirúrgico, alojamentos e demais estruturas necessárias à realização das atividades, e também para reunir-se com lideranças indígenas da região para apresentar a proposta, que foi muito bem acolhida em todas as localidades. As visitas às cinco localidades foram viabilizadas com o apoio da FAB.

A Sesai/MS é parceira da ONG Expedicionários da Saúde há quatro anos, apoiando as expedições com triagem de pacientes, logística, especialmente de transporte, e disponibilização de profissionais de assistência à saúde do DSEI que recebe a Expedição, além de disponibilizar insumos da atenção primária necessários à realização dos procedimentos. As ações são realizadas sempre em áreas de difícil acesso, onde é instalado um centro cirúrgico para a realização de procedimentos de média complexidade.

Para a 39ª edição, os atendimentos estão previstos para serem realizados na Aldeia Morada Nova, no município de Feijó. Haverá ainda centros de triagem especializada de pacientes em Mâncio Lima, Cruzeiro do Sul, Tarauacá, Marechal Taumaturgo e Jordão, além de pequenos centros em aldeias mais centralizadas nas diversas calhas de rios da região.

O foco dos expedicionários são as cirurgias de catarata, pterígio e de hérnias, além de atendimento oftalmológico e disponibilização de óculos (quando necessário), atendimento pediátrico, ginecológico, clínica médica e odontológico. Em casos mais graves e outras patologias diagnosticadas, são avaliados os encaminhamentos para continuidade do tratamento. Durante a ação, poderão ser realizados até 60 procedimentos cirúrgicos por dia. Além das cirurgias, a Expedição realiza atendimentos médicos especializados e exames.

Nesta edição, a Sesai planeja intensificar as ações de prevenção, de educação em saúde e de atendimentos médicos e de enfermagem, para ampliar o acesso da população indígena do DSEI a ações de atenção primária. A principal novidade nesta expedição será o funcionamento da barraca dos saberes tradicionais, com a possibilidade de articular cuidados para os pacientes com a participação de especialistas indígenas nas práticas tradicionais. Estas ações serão organizadas pelo DSEI ARJ.

Com sede em Cruzeiro do Sul (AC), o DSEI ARJ abrange uma área de mais de 216 mil km², composto por oito municípios, onde vivem 17,2 mil indígenas de 16 etnias, reunidos em 123 aldeias, inclusive a população de recente contato do Xinane.

Por Tiago Pegon

Fim do conteúdo da página