Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro

Campanha Amamentação 2019

Início do conteúdo da página
SESAI/EDS

DSEI/ARJ e EDS realizam reunião preparatória para a 39ª Expedição de Saúde

Escrito por Tatiana Teles | | Publicado: Segunda, 07 de Agosto de 2017, 11h32 | Última atualização em Terça, 08 de Maio de 2018, 14h39

Cerca de 200 voluntários irão atuar para um mutirão de cirurgias que beneficiarão mais de 3 mil indígenas

Fotos: Alejandro Zambrana/SESAI-MS

Profissionais do Distrito Sanitário Especial Indígena (DSEI) Alto Rio Juruá receberam durante três dias, nas cidades de Cruzeiro do Sul e Feijó, uma capacitação preparatória para a 39ª Expedição de Saúde, que será realizada pela primeira vez no estado do Acre, entre os dias 25/10 a 3/11, na aldeia Morada Nova.

O encontro tem como objetivo orientar e informar sobre as ações desenvolvidas durante a expedição, quais atividades caberão aos profissionais da Sesai e sobre os procedimentos para a busca ativa de pacientes nas aldeias.

Confira o álbum de fotografias no Flickr.

Segundo o coordenador da Divisão de Atenção à Saúde do DSEI ARJ, Paulo Roberto Rodrigues, as reuniões  entre as equipes esclarecem como se dará a parceria entre os médicos voluntários e as equipes de saúde do Distrito. “Queremos que nossas equipes deem as mãos aos Expedicionários da Saúde (EDS), para que possamos, juntos, levar aos povos indígenas da nossa região o atendimento de qualidade que merecem”, afirmou.

A coordenadora EDS, Márcia Abdala, ressalta a importância do encontro para que os profissionais da SESAI/DSEI possam fazer a triagem dos pacientes, e quantificar o número de pacientes a serem atendidos. “O foco é atender os indígenas que mais necessitam e que estão nas regiões de mais difícil acesso”, destacou.

Cerca de 200 pessoas estarão envolvidas na Expedição, de profissionais de saúde a demais voluntários e indígenas que apoiam a logística da operação. Além das cirurgias de catarata e de hérnia (que são o foco da Expedição), outros procedimentos e ações acontecerão simultaneamente na localidade, como atendimentos clínicos especializados (consultas oftalmológicas, odontológicas, ginecológicas e pediátricas).

O mutirão de cirurgias é fruto do trabalho conjunto de colaboradores da Secretaria Especial de Saúde Indígena do Ministério da Saúde (SESAI/MS), voluntários da organização não-governamental (ONG) Expedicionários da Saúde, comunidade indígena, militares do Exército e da Aeronáutica, além de prefeituras da região.

Visita

Na ocasião, os coordenadores da 39ª Expedição visitaram a localidade onde serão realizadas as atividades, a aldeia Morada Nova, a 20 minutos de barco do município de Feijó (AC). No local residem mais de 600 indígenas, que vão receber, além dos 200 voluntários e trabalhadores que vão atuar na Expedição, cerca de 1,5 mil pessoas de outras regiões, que receberão atendimento.

Dados da 39ª Expedição

  • Local: Aldeia Morada Nova, em Feijó (AC); 
  • Acontece: entre os dias 25/10 a 3/11/2017;
  • Total de colaboradores:  90 DSEI/SESAI, 60 EDS e 30 FAB/EB;
  • Expectativa: aproximadamente 460 cirurgias oftalmológicas e clínica geral; cerca de 3 mil atendimentos e exames clínicos; e mais de 1.200 atendimentos odontológicos;
  • Infraestrutura: são 15 toneladas de equipamentos que serão transportados por aeronaves da FAB/EB;
  • Apoio local: Prefeituras de Cruzeiro do Sul, Tarauacá e Feijó;
  • Abrangência: todo o DSEI/ARJ, atendendo indígenas dos 8 municípios da região centro-oeste do estado do Acre;
  • Principais etnias: Kaxinawá, Ashaninka, Shaninawa, Jaminawa, Katukina, Yauanawá;

Por Tiago Pegon

Fim do conteúdo da página