Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
    Você está aqui:
  1. Página inicial
  2. >
  3. Últimas notícias
  4. >
  5. Notícias SESAI
  6. >
  7. DSEI Médio Rio Purus promove primeira Oficina de Crescimento e Desenvolvimento Infantil
Início do conteúdo da página

DSEI Médio Rio Purus promove primeira Oficina de Crescimento e Desenvolvimento Infantil

Escrito por Tatiana Teles | Publicado: Quarta, 17 de Janeiro de 2018, 16h56 | Última atualização em Quinta, 18 de Janeiro de 2018, 10h14

Iniciativa visa diminuição da morbimortalidade infantil por meio do aumento da cobertura e melhoria na qualidade de atendimento.

Fotos: DSEI MRP

1ª Oficina de Crescimento e Desenvolvimento Infantil para Técnicos de Enfermagem.

O Distrito Sanitário Especial Indígena do Médio Rio Purus, por meio da Área Técnica de Saúde da Criança e da Vigilância Alimentar e Nutricional, promoveu no último mês, em Lábrea (AM) a 1ª Oficina de Crescimento e Desenvolvimento Infantil para Técnicos de Enfermagem. A estratégia faz parte do Plano de Ação elaborado para atender a Agenda Integrada de Saúde da Criança, com objetivo de fortalecer e ampliar os programas de proteção e atenção integral à saúde da criança indígena, por meios de ações de qualificação da assistência e promoção à saúde, visando assegurar o direito à saúde e a qualidade de vida das crianças. A qualidade na assistência é a principal forma de prevenir alterações no crescimento e desenvolvimento. Estas alterações, quando presentes, podem ser causa ou consequência de doenças e as Equipes Multidisciplinares de Saúde Indígena (EMSI) têm papel fundamental neste acompanhamento. Para que isto aconteça, os profissionais devem estar sempre atualizados por meio da educação continuada. Na 1ª oficina, foram qualificados 31 técnicos de enfermagem. A atividade faz parte das ações previstas na Agenda Integrada de Ações de Saúde da Criança Indígena, que é uma estratégia elaborada pela Secretaria Especial de Saúde Indígena (Sesai), em parceria com a Secretaria de Atenção à Saúde (SAS) do Ministério da Saúde, que tem a finalidade de reduzir o adoecimento e mortes infantis por causas evitáveis. PNAISC - Os sete eixos estratégicos previstos pela Política Nacional de Atenção Integral à Saúde da Criança (PNAISC) são: atenção humanizada e qualificada à gestação, parto, nascimento e recém-nascido; aleitamento materno e alimentação complementar saudável; promoção e acompanhamento do crescimento e desenvolvimento integral; atenção a crianças com agravos prevalentes na infância e com doenças crônicas; atenção à criança em situação de violências, prevenção de acidentes e promoção da cultura de paz; atenção à saúde de crianças com deficiência ou em situações específicas e de vulnerabilidade; vigilância e prevenção do óbito infantil, fetal e materno.

Por Beth Almeida, do NUCOM/Sesai

 

Fim do conteúdo da página