Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro

INFORME AS DOSES E ESTOQUES DAS VACINAS EM SEU MUNICÍPIO ATÉ 30/11

Início do conteúdo da página

Campanha do Dia da Mulher na SESAI deixa de lado as flores e fala sobre assédio e ascensão profissional

Escrito por André | | Publicado: Quinta, 08 de Março de 2018, 18h29 | Última atualização em Quinta, 08 de Março de 2018, 19h36

Ação envolve realização de pesquisa entre trabalhadores e trabalhadoras e depoimentos anônimos, cujos resultados vão subsidiar discussões da rede de apoio de mulheres que trabalham na saúde indígena

Box Title

No dia em que é celebrado o Dia Internacional da Mulher, a Secretaria Especial de Saúde Indígena lançou, na manhã desta quinta-feira (08), a campanha Sesai por Elas, que pretende sensibilizar os trabalhadores e trabalhadoras da Secretaria sobre as questões de gênero nas relações de trabalho na instituição. Um café da manhã marcou o lançamento da campanha, que visa à construção de um ambiente de trabalho mais igualitário, justo e seguro.

O ato contou com a presença de lideranças indígenas femininas, como a secretária-executiva do Fórum de Presidentes dos Conselhos Distritais de Saúde Indígena (FPCondisi), Lucia Tremembé e a presidente do Condisi Alagoas⁄Sergipe, cacique Nina Katókinn, que contaram da luta que empreenderam ao longo da vida para serem reconhecidas como lideranças de seus povos.

Foi criado ainda um blog, contendo explicações sobre a campanha, textos de sensibilização sobre o tema e com espaço para que trabalhadores (homens e mulheres) contem suas experiências, anonimamente, reunidas em um mural. A pesquisa pretende ouvir mulheres e homens que trabalham na Sesai sobre situações pelas quais já passaram ou presenciaram e que podem ser caracterizadas como abuso ou preconceito com relação à força de trabalho feminina, abordando temas como sororidade, maternidade, liderança feminina, entre outros. Os resultados da pesquisa e dos depoimentos ficarão disponíveis no blog e servirão de subsídios para a discussão sobre os temas na rede de mulheres da Sesai, a ser criada no final de março.

A campanha envolve não só os (as) que atuam na sede da Sesai em Brasília, mas também trabalhadores e trabalhadoras dos 34 Distritos Sanitários Especiais Indígenas (DSEIs), aí incluídos (as) os (as) contratados (as) por meio de conveniadas para ofertar saúde aos povos indígenas nas aldeias.

*Essa campanha foi inspirada no projeto iniciado na Anvisa, em 2016, pela Ascom e pela servidora da Agência, Camila Medeiros.

Por Beth Almeida, do Nucom Sesai
Atendimento à imprensa 
(61) 3315-3580 / 2745 / 2351

Fim do conteúdo da página