Ir direto para menu de acessibilidade.
    Você está aqui:
  1. Página inicial
  2. >
  3. Últimas notícias
  4. >
  5. Notícias SESAI
  6. >
  7. Reunião do Fórum de Conselheiros Indígenas ressalta importância da 6ª CNSI
Início do conteúdo da página

Reunião do Fórum de Conselheiros Indígenas ressalta importância da 6ª CNSI

Escrito por Tatiana Teles | Publicado: Quinta, 14 de Junho de 2018, 15h40 | Última atualização em Terça, 07 de Agosto de 2018, 13h31

Com a presença do ministro da saúde, Fórum de Presidentes de Condisi tem confirmada a realização da Conferência Nacional de Saúde Indígena

Box Title
Foto: Alejandro Zambrana/Sesai-MS

A 25ª reunião ordinária do Fórum de Presidentes dos Conselhos Distritais de Saúde Indígena (FPCondisi), realizada em Brasília (DF), entre os dias 6 e 8/6, teve como deliberação principal a aprovação do Documento Orientador e do Regimento da 6ª Conferência Nacional de Saúde Indígena (6ª CNSI). A convocação foi confirmada pelo ministro da Saúde, Gilberto Occhi, que participou pela primeira vez da reunião junto às lideranças indígenas.

Entre outros temas que foram debatidos durante a reunião destacam-se: a transição dos atuais convênios voltados para prestação de serviços complementares de saúde, pelos quais as entidades beneficentes da área de saúde realizam o apoio a execução de ações de saúde indígenas junto aos Distritos Sanitários Especiais Indígenas - DSEIs .

Além disso, também foram realizadas ações de prestação de contas por meio das equipes de gestão e orçamento da Secretaria Especial de Saúde Indígena (Sesai), junto aos presidentes de Condisi, em relação à descentralização de recursos financeiros para os DSEIs – investimentos, aquisição de equipamentos e serviços e os valores gastos para tais atividades.  Houve também espaço para explicações sobre orçamento da saúde indígena, por meio do subsecretário de Planejamento e Orçamento do MS, Arionaldo Bomfim.

As deliberações sobre a realização da 6ª CNSI teve o documento orientador e o regimento da atividade aprovada no plenário do Conselho Nacional de Saúde (CNS). A proposta do grupo é de que a etapa nacional seja realizada em maio de 2019 e com o tema central a “Política Nacional de Atenção à Saúde aos Povos Indígenas (PNASPI): atenção diferenciada, vida e saúde nas comunidades indígenas”.

Para o ministro da saúde, as ações de saúde indígena por meio da Sesai continuam com o apoio integral do MS. “O respeito aos povos indígenas é um direito e um dever de todos. Ter um espaço como a 6ª CNSI para discussão e ampliação das ações de saúde indígena é importante. A portaria que viabiliza a realização da Conferência será assinada com a maior brevidade possível”, destacou Occhi.

Segundo o secretário da Sesai, Marco Antonio Toccolini, a presença do ministro e o compromisso da Secretaria em ouvir os povos indígenas junto ao Fórum  possibilitam  as constantes melhorias na gestão dos serviços. “O cuidado e atenção à saúde dos povos indígenas, de maneira integral e plural, é a nossa principal atribuição. O Condisi é a base da construção de uma política ideal para que possamos realizar a atenção em saúde da forma que contemple as necessidades das comunidades indígenas brasileiras”, afirmou.
O representante da Articulação dos Povos Indígenas do Brasil (APIB) e Articulação dos Povos e Organizações Indígenas do NE, MG e ES (APOINME), Paulo Tupiniquim, aproveitou a ocasião para ressaltar a importância do fortalecimento da Sesai. “Reconhecemos que com a criação da Sesai conseguimos melhorar o atendimento aos nossos povos. E estamos aqui para debater sobre formas de ampliar esse atendimento e fortalecer as ações desempenhadas pela Secretaria”, lembrou.

O 2º coordenador adjunto do FPCondisi, Sandro Tkwiry Kayapó, também destaca que a realização de atividades como a 6ª CNSI destaca o protagonismo dos indígenas nas tomadas de decisões. “O diálogo deve ser ampliado sempre, e a luta em prol de uma saúde de qualidade para nossos povos vem das tomadas de decisões da base, discutindo com a comunidade e trazido até aqui”, ressalta.

Condisi

A presença dos 34 presidentes de Condisi durante as reuniões do FPCondisi fortalece o debate e a tomada de decisão dos povos indígenas em relação às ações conjuntas, que dessa forma ajudam a ampliar as atividades de atenção básica de saúde junto aos DSEIs.

Parte disso está a complementação dos mandatos dos Conselhos Distritais, onde três novos recém-eleitos presidentes de Condisi participaram pela primeira vez da reunião em Brasília. São eles: Fernando Moura Neto, da etnia Pitaguary, presidente do Condisi Ceará; Valdomiro Rodrigues, da etnia Tupy, presidente do Condisi Cuiabá; e a presidente do Condisi Potiguara, Itajaciana Maximiano da Silva.

Também foram aprovadas o formato para acompanhamento das ações do FPCondisi junto à Sesai, que se dará por meio de comissões temáticas como: comissão de gestão da saúde indígena; de assistência farmacêutica, de atenção à saúde indígena, de saneamento e edificações; de planejamento e orçamento; e de comunicação e informação da saúde indígena.

Veja mais fotos do encontro

Por Tiago Pegon, do Nucom Sesai
Atendimento à imprensa
(61) 3315-3580 / 3533

 

 

Fim do conteúdo da página