Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro

Campanha Amamentação 2019

Início do conteúdo da página

Ministério da Saúde publica portaria para realização da 6ª CNSI

Escrito por Tatiana Teles | | Publicado: Quarta, 20 de Junho de 2018, 14h20 | Última atualização em Terça, 07 de Agosto de 2018, 13h31

6ª Conferência Nacional de Saúde Indígena tem como objetivo aprovar diretrizes para ampliar as políticas de saúde executadas nas aldeias

O Ministério da Saúde, por meio da Portaria nº 1.730, de 13 de junho de 2018, fez a convocatória para a realização da 6ª Conferência Nacional de Saúde Indígena (6ª CNSI). A etapa nacional está prevista para se realizar no mês de maio de 2019 e deve reunir cerca de 1,8 mil indígenas de todo o país.

O documento orientador e o regimento da atividade já foram aprovados pelo Fórum de Presidentes dos Conselhos Distritais de Saúde Indígena (FPCondisi) e pelo plenário do Conselho Nacional de Saúde (CNS), bem como o tema, que será “Política Nacional de Atenção à Saúde aos Povos Indígenas (PNASPI): atenção diferenciada, vida e saúde nas comunidades indígenas”.

De acordo com a portaria aprovada, a 6ª CNSI tem como objetivo aprovar diretrizes para as políticas de saúde executadas nas aldeias, por parte dos 34 Distritos Sanitários Especiais Indígenas (DSEIs) que integram o Subsistema de Atenção à Saúde Indígena (SasiSUS). Entre as diretrizes estão a organização e construção de um cronograma de trabalho para a realização das discussões dos povos indígenas nos âmbitos locais e distritais.

O espaço da 6ª CNSI é um ponto de encontro para discussão e ampliação das ações de saúde indígena por todo o país. As etapas locais serão realizadas nos próximos meses. Posteriormente, serão feitas 34 conferências distritais, que preparam para a etapa nacional. 

A 6ª CNSI será realizada pelo Ministério da Saúde, por meio da Secretaria Especial de Saúde Indígena (Sesai), em conjunto com o Conselho Nacional de Saúde (CNS).

Acesse aqui a portaria

Por Tiago Pegon, do Nucom Sesai
Atendimento à imprensa
(61) 3315-3580

Fim do conteúdo da página