Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro

Todas as crianças de 6 meses a menores de 1 ano devem ser vacinadas contra o sarampo

Início do conteúdo da página

DSEI Rio Tapajós realiza educação em saúde voltada ao consumo de álcool e outras drogas

Escrito por alexandreb.sousa | | Publicado: Quarta, 25 de Julho de 2018, 14h35 | Última atualização em Quarta, 25 de Julho de 2018, 14h35

Evento foi realizado em alusão ao Dia Internacional de Combate às Drogas, celebrado pelas Nações Unidas no dia 26 de junho

O Distrito Sanitário Especial Indígena Rio Tapajós (DSEI RT) promoveu, durante a última semana de junho, rodas de conversa com comunidades indígenas locais sobre as causas e consequências do uso prejudicial de álcool e de outras drogas.

A ação foi feita em alusão ao Dia Internacional de Combate às Drogas, celebrado no dia 26 de junho, data estabelecida pela Organização das Nações Unidas (ONU), e foi realizada nos 11 polos base e quatro Casas de Saúde Indígena (CASAIs) localizados na área de abrangência do DSEI RT.

Na ocasião, foram desenvolvidas atividades lúdicas voltadas para estimular o protagonismo da comunidade para, através da escuta e observação qualificadas, contribuir com as famílias no processo do fortalecimento dos vínculos familiares e comunitários. O cacique da aldeia Sawré Apompo, Adriano Saw, relatou que “na época de meus pais e meus avós existiam regras para o consumo de bebidas. Hoje, eu percebo mudanças no comportamento dos jovens que fazem uso de bebidas alcoólicas, o que acontece cada vez mais cedo, por vezes causando conflitos familiares e até mesmo desordem na aldeia”.

A coordenadora do DSEI RT, Cleidiane Carvalho Ribeiro, apoia e incentiva as equipes a realizarem atividades educativas voltadas a este tema: “Independentemente de haver uso de álcool e outras drogas, a comunidade precisa e deve saber dos riscos do consumo prejudicial de substancias psicoativas, que não sejam as tradicionais de cada povo”, afirmou.

O DSEI Rio Tapajós atende as populações indígenas Munduruku, Munduruku-cara-preta, Kaiapó, Kayabi, Apiaká, Ava-canoeiro, Tembé, Cumaruara e Maitapu, totalizando 12.570 indivíduos, distribuídos em 142 aldeamentos. Dos 11 polos base, nove estão localizados no município de Jacareacanga, um em Itaituba e um em Novo Progresso, sendo que todos possuem Equipes Multidisciplinares de Saúde Indígena. O DSEI RT conta ainda com quatro Casas de Saúde Indígena (CASAI) nos municípios de Itaituba, Jacareacanga, Novo Progresso e Santarém, todos localizados no estado do Pará.

 

Por Lígia Benevides, do Nucom Sesai
Com informações do DSEI Rio Tapajós

Atendimento à Imprensa
(61) 3315-2553/2861

Assuntos em destaques

Fim do conteúdo da página