Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro

Todas as crianças de 6 meses a menores de 1 ano devem ser vacinadas contra o sarampo

Início do conteúdo da página

CASAI Brasília passa no teste da visita-surpresa

Escrito por Gustavo Frasão | | Publicado: Sexta, 06 de Setembro de 2019, 16h35 | Última atualização em Sexta, 06 de Setembro de 2019, 16h35

A Secretária Especial de Saúde Indígena, Sílvia Waiãpi esteve na Casa de Saúde Indígena localizada no Distrito Federal e encontra boas iniciativas como o acolhimento e horta orgânica

A secretária Sílvia Waiãpi, titular da Secretaria Especial de Saúde Indígena do Ministério da Saúde (SESAI/MS), fez uma visita-surpresa à Casa de Saúde Indígena de Brasília na manhã desta sexta-feira (06). Ela averiguou as condições oferecidas aos indígenas que recebem atendimento naquelas instalações.

Sílvia chegou a CASAI pouco antes das 8h. Após inspeções na administração e na cozinha, foi recebida pelos enfermeiros que estavam de serviço. A secretária averiguou a situação de cada enfermeiro em relação ao Conselho Regional de Enfermagem (Coren), autarquia reguladora cujo cadastro é obrigatório para profissionais da área que atuem em contato com pacientes.

A CASAI DF tem, hoje, 57 pessoas ocupando os 74 leitos disponíveis. São pacientes e familiares que vêm como acompanhantes para ajudar na adaptação e na recuperação aos tratamentos. A secretária ainda orientou os enfermeiros sobre procedimentos fundamentais para o trabalho na CASAI, como o preenchimento correto do Livro de Ocorrências relativo às atividades realizadas no local e à relação com os pacientes.

Os funcionários da CASAI DF transformaram um dos cômodos do local em uma Sala de Acolhimento, onde o paciente e os acompanhantes recebem orientações e têm sanadas suas dúvidas sobre a estadia. Sílvia elogiou a iniciativa da equipe envolvida na criação do espaço: “A Sala de Acolhimento impressiona. Na saúde (e, principalmente, na saúde indígena) não basta ser competente: é preciso ser proativo”, afirmou.

A secretária ainda conheceu a horta montada no terreno da CASAI. Desde seu início, em outubro do ano passado, já foram plantadas e colhidas frutas e verduras utilizadas na alimentação daqueles hospedados na CASAI. Melancia, manjericão, mamão, banana e tomate são alguns dos vegetais que crescem na horta.

Sílvia avaliou como satisfatória a experiência na CASAI DF, apesar de encontrar problemas pontuais a serem corrigidos. A secretária seguirá fazendo visitas-surpresa para avaliar a qualidade dos serviços prestados aos povos indígenas brasileiros.

Por NUCOM SESAI
Atendimento à imprensa:
(61) 3315.3580

Assuntos em destaques

Fim do conteúdo da página