Ir direto para menu de acessibilidade.
    Você está aqui:
  1. Página inicial
  2. >
  3. Últimas notícias
  4. >
  5. Notícias SESAI
  6. >
  7. Secretário da Sesai recebe visita do líder Raoni Metuktire
Início do conteúdo da página

Secretário da Sesai recebe visita do líder Raoni Metuktire

Escrito por Leonardo | Criado: Sexta, 22 de Novembro de 2013, 11h26 | Publicado: Quinta, 23 de Janeiro de 2014, 11h26 | Última atualização em Terça, 28 de Janeiro de 2014, 16h26

reunião líder RaoniO secretário Especial de Saúde Indígena do Ministério da Saúde, Antônio Alves de Souza, recebeu, na tarde dessa quinta-feira (21), a visita do líder Raoni Metuktire, além dos indígenas Nejamrô Kayapó e Paixon Metuktire, do Distrito Sanitário Especial Indígena (DSEI) Kaiapó Mato Grosso. Eles estão em Brasília (DF) por causa das comemorações dos 30 anos de Apoio Norueguês aos Povos Indígenas no Brasil.

“É uma honra para nós, eu e todos da Sesai temos muito respeito pelo líder Raoni. Essa secretaria é de vocês, foi criada para isso. Ainda não foi possível fazer tudo para a saúde indígena, mas estamos trabalhando para melhorar”, saudou Antônio Alves.

Raoni pediu ao secretário que promova ensino para os próprios indígenas cuidarem de seus parentes na aldeia. “Muitos não indígenas que nos atendem não sabem como fazer, não têm muito cuidado, por isso, tem que capacitar os índios para cuidar dos próximos”, traduziu Paixon.

Outra reivindicação dos indígenas foi em relação à aquisição de barcos que, segundo eles, ainda não foi feita. O diretor do Departamento de Gestão da Saúde Indígena (DGESI), Fernando Rocha, explicou que o recurso já foi liberado, mas houve um atraso por conta da licitação. A empresa que ganhou a concorrência não oferece um motor de qualidade, por isso, a Sesai não autorizou a compra e orientou o distrito a adquirir o motor na mesma licitação do DSEI Vale do Javari.

Serão entregues ao DSEI Kaiapó Mato Grosso um barco de 35 metros, um de 6 e outro de 8, três motores, além de rádio, placas solares e consultório odontológico. “A empresa que ganha a licitação tem até 35 dias para fazer a entrega, portanto, finalizando esse processo até semana que vem os equipamentos devem chegar no fim de dezembro, início do próximo ano”, disse Fernando.

Nejamrô também solicitou ao secretário a construção de um posto de saúde maior na aldeia em que vive. Alves mostrou a eles o protótipo do novo modelo de Unidade Básica de Saúde Indígena (UBSI) que fica pronto em 45 dias. “A estrutura é armada dentro da cidade e depois é só levar para montar na aldeia. É muito mais rápido”, contou o secretário.

Raoni Metuktire vai voltar a Brasília, no início de dezembro, para participar da 5ª Conferência Nacional de Saúde Indígena (5º CNSI).

Por Graziela Oliveira
Fotos: Luís Oliveira/Sesai-MS

Clique aqui para ver mais fotos

Fim do conteúdo da página