Ir direto para menu de acessibilidade.
    Você está aqui:
  1. Página inicial
  2. >
  3. Últimas notícias
  4. >
  5. Notícias SESAI
  6. >
  7. DSEI Mato Grosso do Sul conclui obras de saneamento em aldeias da região
Início do conteúdo da página

DSEI Mato Grosso do Sul conclui obras de saneamento em aldeias da região

Escrito por Leonardo | Criado: Terça, 26 de Novembro de 2013, 11h37 | Publicado: Quinta, 23 de Janeiro de 2014, 11h38 | Última atualização em Terça, 26 de Novembro de 2013, 11h37

As aldeias Arroio Corá, no município de Paranhos; Cerrito, em Eldorado; e Morrinho, na cidade de Miranda; sob jurisdição do Distrito Sanitário Especial Indígena (DSEI) Mato Grosso do Sul, receberam novas estruturas de saneamento com a conclusão das obras de implantação e ampliação.

“Em Arroio Corá, a 468 quilômetros da capital sul mato-grossense, a obra foi concluída com a implantação de um sistema completo de abastecimento de água e dispõe de captação subterrânea através de poço tubular profundo, construção de casa de química e de comando, sistema de reservação, 13,2 quilômetros de rede de distribuição de água e 75 ligações domiciliares beneficiando 620 moradores indígenas”, descreveu o coordenador.

De acordo o DSEI, na aldeia Cerrito, além da ampliação do Sistema de Abastecimento de Água (SAA), a comunidade foi beneficiada com a construção de uma casa de química e quadro de comado, melhorias no sistema de reservação e a perfuração de um poço tubular profundo com vazão de 15 mil litros/hora, atendendo cerca de 500 moradores da região. Na aldeia Morrinho, foram realizadas obras de ampliação do Sistema de Abastecimento de Água.

“Um dos objetivos da Sesai é a melhoria da qualidade de vida da população indígena atendida, garantindo a estrutura de saneamento ambiental referente à qualidade de água para consumo humano e maiores resultados no controle de doenças de veiculação hídrica”, afirmou Carmelo. Ele disse, ainda, que o andamento e a conclusão das obras são acompanhados pelos engenheiros do distrito.

As obras foram realizadas por meio de recursos do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC II) e da Secretaria Especial de Saúde Indígena (Sesai).

Fim do conteúdo da página