Ir direto para menu de acessibilidade.
    Você está aqui:
  1. Página inicial
  2. >
  3. Últimas notícias
  4. >
  5. Notícias SESAI
  6. >
  7. Começa a Conferência Nacional de Saúde Indígena
Início do conteúdo da página

Começa a Conferência Nacional de Saúde Indígena

Escrito por Leonardo | Criado: Terça, 03 de Dezembro de 2013, 10h05 | Publicado: Sexta, 24 de Janeiro de 2014, 10h05 | Última atualização em Sexta, 24 de Janeiro de 2014, 10h06

Nesta segunda-feira (02), em Brasília, começa a 5ª Conferência Nacional de Saúde Indígena – CNSI, com o tema “Subsistema de Atenção à Saúde Indígena e SUS: Direito, Acesso, Diversidade e Atenção Diferenciada”.

O evento será realizado no Centro Internacional de Convenções do Brasil – CICB e tem como objetivo aprovar diretrizes para as políticas de saúde executadas nas aldeias. A conferência será também um espaço para discussão e avaliação sobre a Política Nacional de Atenção à Saúde dos Povos Indígenas.

A CNSI vai reunir os resultados das 309 etapas locais e 34 etapas distritais, realizadas desde abril, em todos os Distritos Sanitários Especiais Indígenas (DSEI). Os participantes das etapas preparatórias elaboraram e aprovaram 1.190 propostas para garantir ou modificar a forma como o governo executa as ações de saúde indígena.

Pela primeira vez, 40 estudantes indígenas da UnB, na condição de aprendizes, vão participar da Comissão de Relatoria. “Estudantes indígenas vão ficar em cada uma das 20 salas para auxiliar nas discussões. Isso reforça o compromisso deles com seus parentes”, explica a coordenadora da comissão, Maria de Fátima.

Transversalidade com o FMDH
No Fórum Mundial de Direitos Humanos – FMDH, a questão da saúde indígena será contemplada na Conferência “A universalização de direitos humanos em um contexto de vulnerabilidades”. Esta conferência terá como objetivo apontar as vulnerabilidades e as violações de direitos humanos em suas diversas dimensões, abrangendo crianças, adolescentes, jovens, pessoas idosas, povos da cidade, do campo e da floresta, indígenas, quilombolas, ciganos e comunidades tradicionais, pessoas em situação de rua, imigrantes, migrantes, refugiados, pessoas com deficiência, assim como questões de gênero, raça, orientação sexual, identidade de gênero, diversidade religiosa, saúde mental, entre outros.

O Fórum Mundial de Direitos Humanos – FMDH acontecerá em Brasília, no período de 10 a 13 de dezembro de 2013. O FMDH é uma iniciativa da Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República – SDH/PR, com o objetivo de promover um espaço de debate público sobre Direitos Humanos, no qual serão tratados seus principais avanços e desafios com foco no respeito às diferenças, na participação social, na redução das desigualdades e no enfrentamento a todas as violações de direitos humanos.

O FMDH será um espaço de debate público sobre Direitos Humanos, no qual serão tratados seus principais avanços e desafios com foco no respeito às diferenças, na participação social, na redução das desigualdades e no enfrentamento a todas as violações de direitos humanos.

* Fórum Mundial de Direitos Humanos

Fim do conteúdo da página