Ir direto para menu de acessibilidade.
    Você está aqui:
  1. Página inicial
  2. >
  3. Últimas notícias
  4. >
  5. Notícias SESAI
  6. >
  7. Secretário de Atenção à Saúde participa de painel de discussão durante a 5ª CNSI
Início do conteúdo da página

Secretário de Atenção à Saúde participa de painel de discussão durante a 5ª CNSI

Escrito por Leonardo | Criado: Quarta, 04 de Dezembro de 2013, 10h24 | Publicado: Sexta, 24 de Janeiro de 2014, 10h24 | Última atualização em Quarta, 04 de Dezembro de 2013, 10h24

O secretário de Atenção à Saúde, Helvécio Miranda, participou do painel Atenção Integral e Diferenciada nas Três Esferas de Governo, durante a 5ª Conferência Nacional de Saúde Indígena (5ª CNSI), no Centro Internacional de Convenções do Brasil (CICB), nessa terça-feira (3). Entre os painelistas estavam a representante do Conselho Nacional das Secretarias de Saúde (CONASS), Lourdes Almeida; o representante do Conselho Nacional dos Secretários Municipais de Saúde (CONASEMS), Charles César Tocantins; o procurador da República, José Godoy; e o mediador da mesa, Manoel Uilton dos Santos, do Povo Tuxá.

Durante o evento, o secretário Helvécio Miranda ressaltou que o Sistema Único de Saúde (SUS) é responsável pelo bem-estar de todos os brasileiros e, por isso, as Redes de Atenção à Saúde devem atender as particularidades e singularidades do povo indígena. “Iniciamos uma mudança para que todas as redes, começando pela Rede Cegonha e de Saúde Mental, se adequem à necessidade dos povos indígenas, a partir do fortalecimento da Atenção Básica, com mais estrutura, mais médicos na Atenção Básica Indígena orientando a necessidade para a alta e média complexidade”.

O secretário também alertou para a necessidade de reforçar este pacto na contratualização de prestadores. “Nós precisamos fazer a contratualização destes hospitais municipais, estaduais ou filantrópicos, incorporando esta necessidade e garantindo o acesso da população indígena. Este é o novo formato que estamos propondo para o incentivo de atenção especializada”.

Ascom/MS

Fim do conteúdo da página