Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro

INFORME AS DOSES E ESTOQUES DAS VACINAS EM SEU MUNICÍPIO ATÉ 30/11

Início do conteúdo da página

Planejamento estratégico é um dos temas a serem discutidos na reunião sobre a Política Nacional de Saúde da População Negra

Escrito por alexandreb.sousa | | Publicado: Terça, 05 de Dezembro de 2017, 15h48 | Última atualização em Sexta, 08 de Dezembro de 2017, 16h30

 

A atividade reúne especialistas para a avaliação e monitoramento da Política

Termina nesta terça-feira (5) a Reunião Estratégica para Avaliação e Monitoramento da Politica Nacional de Saúde Integral da População Negra (PNSIPN) em Brasília/DF. A atividade, que começou nessa segunda (4), é realizada pelo Departamento de Apoio à Gestão Participativa e ao Controle Social da Secretaria de Gestão Estratégica e Participativa do Ministério da Saúde (DAGEP/SGEP/MS).

Foto: Caroline Oliveira

Para a Diretora Substituta do DAGEP/SGEP/MS, Wanessa Une, a atividade é importante para a avaliação, monitoramente e melhoria de diversos temas que envolvem a saúde da população negra. “Este encontro é de grande relevância para a Política Nacional de Saúde Integral da População Negra. É preciso que façamos um balanço sobre as ações desenvolvidas ao longo do ano de 2017 para que possamos elaborar um planejamento estratégico mais efeitivo ainda para o próximo ano”, enfatiza.

O objetivo da reunião é pautar assuntos relacionados à Política, como: apresentar a Campanha Nacional de Saúde Integral da População Negra; expor os projetos de capacitações do Rio Grande do Sul e Alagoas; informar sobre os resultados das Oficinas Técnicas de Médicos sobre Doenças Prevalentes na População Negra (Distrito Federal e Salvador/BA); divulgar a cartilha sobre o tema e o manual para a implementação da Política para gestores e profissionais de saúde; apresentar o projeto de reformulação do curso de ensino a distância sobre a Política, a ser produzido pela Universidade de Campinas; mostrar os resultados da reunião de Indicadores da PNSIPN, realizada nos dias 18 e 19 de setembro de 2017, em Brasília; apresentação do Grupo de Trabalho (GT) de Políticas Públicas da Igualdade Racial (Portaria nº 142, de 21 de julho de 2017); e os desafios para a implementação da portaria do quesito raça/cor no MS, estados e municipios.

A atividade também tem como foco abordar questões como as estratégias para fomentar a Política com gestores, médicos, profissionais de saúde e sociedade civil; informar sobre a capacitação de gestores estaduais e municipais de saúde para a implementação da PNSIPN, que acontecerá em março de 2018; e abordar reformulação da Portaria e do Regimento do Comitê Nacional de Saúde Integral da População Negra.

Com a meta de fazer parcerias técnicas, participaram da reunião representantes do Comitê Técnico de Saúde da População Negra do Distrito Federal, a Secretaria Municipal de Saúde de Porto Alegre, a Secretaria da Saúde do Estado do Paraná, Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (SESAB),  a Universidade de Brasília (UNB), a Universidade Federal de Alagoas (UFAL), a Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP), a Rede Nacional de Religiões Afro-Brasileiras e Saúde (RENAFRO), o Departamento das IST, do HIV/Aids e das Hepatites Virais da Secretaria de Vigilância em Saúde (DIAHV/SVS/MS), a Coordenação-Geral de Sangue e Hemoderivados do Departamento de Atenção Hospitalar e Urgência da Secretaria de Atenção à Saúde (CGSH/DAHU/SAS/MS), o Observatório de Saúde de Populações em Vulnerabilidade (ObVul/UNB), o Conselho Nacional de Secretarias Municipais de Saúde (CONASEMS), o Fundo PositHiVo, o Instituto Amma Psique Negritude/SP e o Fundo de População das Nações Unidas (UNFPA).

Acesse mais fotos da reunião em: https://goo.gl/SeHMmi.

CAMPANHA - A SGEP/MS lançou, no último dia 21, em parceria com a Secretaria Nacional de Políticas de Promoção da Igualdade Racial do Ministério dos Direitos Humanos, a Campanha de Saúde Integral da População Negra. Em alusão ao Dia Nacional da Consciência Negra, a campanha tem como objetivo dar visibilidade à Política Nacional de Saúde Integral da População Negra, o III Plano Operativo, a obrigatoriedade do preenchimento do quesito raça/cor nos sistemas de informação de saúde, informar sobre as doenças prevalentes nesta população e índices que impactam a saúde como a mortalidade materna e a violência na juventude negra.

Saiba mais sobre a Campanha de Saúde da População Negra em: www.saude.gov.br/saudepopnegra.

Por Caroline Oliveira, do Nucom da SGEP 
Atendimento à imprensa
(61) 3315-3580 / 2745 / 2351

 

Fim do conteúdo da página