Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro

Todas as crianças de 6 meses a menores de 1 ano devem ser vacinadas contra o sarampo

Início do conteúdo da página

Ministério autoriza repasse de incentivo financeiro para o PRO EPS-SUS

Escrito por Alessandra Bernardes | | Publicado: Sexta, 06 de Abril de 2018, 11h10 | Última atualização em Sexta, 06 de Abril de 2018, 14h26

O objetivo é auxiliar na Execução de Ações de Educação Permanente em Saúde (EPS)

Todos os Estados do país e o Distrito Federal receberam o incentivo financeiro para a formulação dos planos de Educação Permanente em Saúde, conforme previsto no Programa para o Fortalecimento das Práticas de Educação Permanente no SUS (PRO EPS-SUS). Nesta semana, o Ministério da Saúde autorizou o repasse do incentivo.

Instituído por meio da Portaria N. 3.194, de 28 de novembro de 2017, o PRO EPS-SUS objetiva estimular, acompanhar e fortalecer a qualificação profissional dos trabalhadores da área da saúde, utilizando das diretrizes da Política Nacional de Educação Permanente em Saúde (PNEPS).

Em breve será autorizado o repasse do incentivo aos 5.233 municípios que aderiram ao programa.

“Com a autorização do repasse do incentivo financeiro referente ao PRO EPS-SUS aos Estados e DF, se inicia o processo de execução das ações previstas pelo programa. Esperamos que as secretarias estaduais de saúde desencadeie um amplo processo de planejamento de atividades de EPS, retomando o tema no âmbito regional e contemplando a participação dos municípios e demais envolvidos no processo. Mais um passo foi dado para tornar o PRO EPS-SUS uma iniciativa para fortalecer a Educação Permanente no país e, assim contribuir para a melhoria da atenção à saúde no SUS”, ressaltou a diretora do Departamento de Gestão da Educação em Saúde (DEGES), Cláudia Brandão.

 

Por Natalia Pinheiro, do NUCOM/SGTES
Atendimento à imprensa
(61) 3315-3580

Assuntos em destaques

Fim do conteúdo da página