Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
    Você está aqui:
  1. Página inicial
  2. >
  3. Últimas notícias
  4. >
  5. Notícias SGTES
  6. >
  7. PET-Saúde/Interprofissionalidade inicia atividades da nona edição
Início do conteúdo da página

PET-Saúde/Interprofissionalidade inicia atividades da nona edição

Escrito por Gustavo Frasão | Publicado: Quinta, 04 de Abril de 2019, 15h33 | Última atualização em Quinta, 04 de Abril de 2019, 15h33

O programa propõe mudanças curriculares para os cursos de graduação na área da saúde

O Programa de Educação pelo Trabalho para a Saúde (PET-Saúde) iniciou, nesta segunda-feira (1º), as atividades de sua nona edição, que tem como eixo central o tema da Educação Interprofissional em Saúde. Ao todo, foram aprovados 120 projetos de universidades e secretarias de saúde de todas as regiões do país, envolvendo mais de 6 mil participantes. Todas as regiões do País foram contempladas com projetos aprovados para esta edição do programa, que terá duração de 24 meses.

Os projetos aprovados deverão considerar ações de Educação Interprofissional (EIP) entre professores, estudantes, profissionais de saúde, gestores e usuários a serem desenvolvidas na Atenção Básica, principal porta de entrada para o Sistema Único de Saúde (SUS), contemplando a integração com os demais níveis de atenção para a qualificação dos profissionais e obtenção de respostas mais efetivas na melhoria da atenção à saúde. A proposta envolve a integração ensino-serviço e a diversificação dos cenários de práticas como prerrogativas para mudanças na formação, voltadas para as reais necessidades de saúde da população.

Em novembro do ano passado, aconteceu uma Oficina de Acolhimento aos coordenadores dos projetos aprovados no edital lançado em julho, que receberam orientações sobre os aspectos operacionais do programa – atribuições e compromissos -  e debateram sobre as bases conceituais e metodológicas da Educação Interprofissional (EIP), além de uma ampla discussão sobre os mecanismos de avaliação, monitoramento e acompanhamento dos projetos que serão realizados pelo Ministério da Saúde.

O PET-Saúde/Interprofissionalidade aplica bases teóricas e metodológicas da EIP - estilo educacional que tem como finalidade formar profissionais mais aptos para o trabalho colaborativo em saúde - para promover mudanças curriculares alinhadas às Diretrizes Curriculares Nacionais (DCN) para todos os cursos de graduação na área da saúde, além das iniciativas que utilizam práticas de Educação Permanente.

PET-Saúde

O PET-Saúde foi instituído em 2008, com o objetivo de promover e qualificar a integração ensino-serviço-comunidade envolvendo docentes, estudantes de graduação e profissionais de saúde para o desenvolvimento de atividades na rede de serviços de saúde.

A medida consiste em uma das estratégias mais promissoras que compõe o conjunto das ações do plano de Educação Interprofissional do Brasil pelo fato de permitir, de forma mais concreta, a realização de iniciativas que poderão colocar em prática os aspectos teóricos, por meio da atividades educacionais envolvendo estudantes das mais diversas graduações da área da saúde, compartilhadas com profissionais dos serviços de saúde e usuários, o que viabilizará o desenvolvimento de práticas colaborativas para o efetivo trabalho em equipe.

O PET-Saúde/Interprofissionalidade faz parte do conjunto de ações do Plano para a Implementação da Educação Interprofissional (EIP) no Brasil, conforme chamado realizado pela Organização Pan Americana da Saúde (OPAS / OMS) no ano de 2016.

Edições do programa:

Por Natalia Pinheiro, do NUCOM/SGTES
Atendimento à imprensa
(61) 3315.3580

Fim do conteúdo da página