Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro

Dia D

Início do conteúdo da página

Ministério da Saúde participa do IV Congresso Internacional de Atenção Primária à Saúde

Escrito por Gustavo Frasão | | Publicado: Terça, 07 de Maio de 2019, 15h28 | Última atualização em Terça, 07 de Maio de 2019, 15h28

O evento contou com 12 oficinas de conferencistas nacionais e internacionais que trabalham com o tema

Foto: Natalia Pinheiro

A capital Teresina (PI) foi sede, de 02 a 04 de maio, do IV Congresso Internacional de Atenção Primária à Saúde (IV CIAPS). O evento abordou a atenção primária em saúde e as redes de atenção em saúde, estimulando as discussões sobre seu planejamento, tendo como eixo principal Inovação e Tecnologia para Saúde.

Representando a Secretaria de Gestão do Trabalho e da Educação na Saúde (SGTES), o diretor do Departamento de Gestão da Educação na Saúde (DEGES), Hélio Angotti Neto, participou da mesa de abertura do Congresso e ressaltou a importância da abordagem do tema como forma de qualificar o atendimento dos profissionais de saúde à população. “Para você fornecer uma saúde, bem-estar e uma assistência de qualidade, há de se ter uma formação profissional contínua. Hoje em dia não se pensa nisso sem o contexto de inovação e tecnologia. Este evento tem uma grande ênfase em inovação e tecnologia em busca de levar uma assistência de qualidade ao cidadão brasileiro. Todas essas pessoas que prestigiam o evento se reuniram para falar de uma coisa principal: o bem do próximo. O bem daquele que sofre, que pede auxílio, que vai encontrar na atenção primária à saúde aquele primeiro olhar, aquele primeiro conforto, aquele primeiro carinho. E este governo chega com proposta interessante de valorizar a atenção primária e várias medidas que venham a fortalecer o assunto”, explicou o diretor.

Em sua 4ª edição, o CIAPS abordou temas relacionados à atenção primária à Saúde. A edição 2019 apresentou eixos temáticos que versaram sobre Tecnologia e Inovação para Saúde. Foram discutidos, durante os três dias de evento, a implantação do Núcleo Universitário de Telessaúde que visa melhorar a resolubilidade na Atenção Primária, desafogar o sistema de Saúde local através da resolução dos problemas de saúde de forma eficaz e descentralizada, qualificar técnicos e profissionais no serviço, dar suporte à Equipe de Saúde da Família (ESF), com qualidade assistencial e redução de custos com conferencistas nacionais e internacionais.

A representante do Ministério da Educação e Coordenadora Geral de Residência em Saúde, Aldira Samanta G. Teixeira destacou a importância de repensar as estratégias da atenção primária como forma de contribuir para a agenda 2030. “Isso implica em garantir à população brasileira um olhar sobre os direitos humanos de todos e alcançar a igualdade de gênero e empoderamento das mulheres e meninas sobre a dimensão do desenvolvimento sustentável na ótica econômica, social e ambiental, bem como, reforçar o acesso universal, princípio básico do nosso Sistema Único de Saúde e assegurar o acesso à educação de qualidade em todos os níveis”, afirmou

Para a coordenadora geral do Congresso, Profa. Dra. Lis Cardoso Marinho Medeiros, o evento foi importante para fortalecer a atenção primária. “O objetivo principal do evento é a melhoria da assistência do usuário do SUS, além de buscar a melhoria da educação em saúde no nosso país”, destacou.

Troféu NUEPES

Durante a solenidade de abertura, foi realizada também a cerimônia de premiação do Trófeu do Núcleo de Estudos, Pesquisa e Extensão Pernanente para o SUS (NUEPES). O prêmio valoriza personalidades por sua caminhada junto à gestão universitária trabalhando sempre com compromisso e responsabilidade.

A secretária da SGTES, Mayra Pinheiro e o diretor do DEGES, Hélio Angotti Neto foram homenageados com o prêmio, além da Vice-Reitora da Universidade Federal do Piauí (UFPI), Profa. Dra. Nadir do Nascimento Nogueira; a docente do Curso de Enfermagem da UFPI, Profa Dra Benevina Maria Vilar Teixeira Nunes; o coordenador do Laboratório de Inovação e Tecnológica em Saúde (Lais) da UFRN, Prof. Dr. Ricardo Alexsandro Medeiros Valentim; a presidente do CONSEHS-PI - Leopoldina Cipriano; Prof.Jurandir Gonçalves Lima; Dra. Tatiana Melo Guimarães dos Santos; Deputada Federal Margarete Coelho; Cristina Maria Miranda de Sousa; Maria de Jesus costa; Prof. Dr. Viriato Campelo; Dr. Sílvio Mendes, dentre outros.

Por Natalia Pinheiro, do NUCOM/SGTES
Atendimento à imprensa
(61) 3315-3580

Fim do conteúdo da página