Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro

Dia D

Início do conteúdo da página

Ministério da Saúde oferece formação para preceptores

Escrito por Gustavo Frasão | | Publicado: Terça, 21 de Maio de 2019, 16h47 | Última atualização em Terça, 21 de Maio de 2019, 16h47

Serão oferecidas 500 vagas para os profissionais médicos que exerçam a atividade de preceptoria em Residência de Medicina Geral de Família e Comunidade

O Ministério da Saúde publicou nesta terça-feira (21) o edital de seleção para profissionais médicos que tenham interesse em aderir às atividades de aperfeiçoamento. Serão oferecidas 500 vagas para os profissionais que exerçam a atividade de preceptoria nos Programas de Residência em Medicina Geral de Família e Comunidade (PRMGFC) de instituições credenciadas pela Comissão Nacional de Residência Médica (CNRM).

EDITAL Nº 12, DE 20 DE MAIO DE 2019

O objetivo da atividade de aperfeiçoamento é promover a qualificação da preceptoria ofertada nos PRMGFC e incentivar trajetórias profissionais que visem a educação médica. As adesões serão realizadas exclusivamente por meio eletrônico e o prazo para manifestação de interesse será realizado no período de 22 de maio até 10 de junho de 2019.

Acesse o cronograma e o Formulário de adesão

Podem aderir ao Edital, os profissionais médicos que exerçam atividade de preceptoria nos PRMGFC de instituições credenciadas pela Comissão Nacional de Residência Médica, desde que sejam preceptores de, no mínimo, 3 profissionais médicos residentes. Somente estão aptos a participar os profissionais médicos preceptores que ainda não tenham se beneficiado de bolsa-formação.

As atividades de aperfeiçoamento serão compostas por um 1 encontro presencial e 3 módulos de capacitação à distância, devendo ser concluídas em 7 meses, contado a partir do seu início.

Plano Nacional de Formação de Preceptores

O Plano Nacional de Formação de Preceptores foi lançado como um dos eixos do Programa Mais Médicos, com o objetivo de subsidiar e assegurar instrumentos para o processo de expansão de vagas de residência em Medicina Geral de Família e Comunidade. Entre os principais objetivos estão:

  • Fortalecer a atenção primária à saúde no País;
  • Capacitar o médico em formação na área de Medicina Geral de Família e Comunidade como multiplicador da formação e aperfeiçoamento na Atenção Primária;
  • Fortalecer a Política de Educação Permanente em Saúde com a integração dos profissionais médicos ao modelo de formação e aperfeiçoamento ensino-serviço;
  • Estimular a realização de pesquisas em saúde no campo da Atenção Primária.

SGTES

O edital foi publicado pelo intermédio da Secretaria de Gestão do Trabalho e da Educação na Saúde (SGTES). A secretaria é responsável por formular políticas públicas orientadoras da gestão, formação e qualificação dos trabalhadores e da regulação profissional na área da saúde no Brasil. Ademais, promover a integração dos setores de saúde e educação no sentido de fortalecer as instituições formadoras de profissionais atuantes na área, bem como integrar e aperfeiçoar a relação entre as gestões federal, estaduais e municipais do SUS, no que se refere aos planos de formação, qualificação e distribuição das ofertas de educação e trabalho na área de saúde.

Por Mirna Nóbrega/SGTES
Atendimento à imprensa
(61) 3315-3580

Fim do conteúdo da página