Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro

Dia D

Início do conteúdo da página

Ministério da Saúde participa do X Fórum Nacional de Ensino Médico

Escrito por Gustavo Frasão | | Publicado: Sexta, 31 de Maio de 2019, 12h15 | Última atualização em Sexta, 31 de Maio de 2019, 12h15

O evento abordou temas como a formação dos profissionais e novas tecnologias no ensino médico

Foto: Conselho Federal de Medicina

Com a proposta de discutir a qualidade do internato e a valorização dos preceptores, a cidade de Fortaleza sediou, nos dias 30 e 31 de maio, o X Fórum Nacional de Ensino Médico. Promovido pelo Conselho Federal de Medicina (CFM), o evento abordou as etapas de formação dos profissionais, além da influência das novas tecnologias no ensino médico.

Representando o Ministério da Saúde, a secretária de Gestão do Trabalho e da Educação na Saúde (SGTES), Mayra Pinheiro, participou da abertura do evento e destacou a importância de se reunir profissionais da área para debate sobre as temáticas. “Vivemos um momento de necessidade de grandes mudanças no país. Na saúde as demandas são infinitas e os recursos limitados. Na educação precisamos fazer transformações que assegurem qualidade e incorporação de tecnologias que nos aproximem dos melhores modelos. Nunca foi tão importante saúde e educação compartilharem pautas e decisões”, destacou Mayra Pinheiro.

No primeiro dia, a conferência “Formação Médica, Internato e Responsabilidade Social”, ministrada pelo coordenador da Comissão de Ensino Médico do Conselho Federal de Medicina (CFM), Ruy Guilherme Silveira de Souza, abriu o diálogo para outros quatro painéis sobre o tema: Competências gerais do interno; Utilização dos cenários de prática do internato na rede pública de saúde pelas universidades; Processos avaliativos do internato nos diferentes cenários de prática e qualificação da preceptoria no internato.

Já no segundo dia de evento, a influência das novas tecnologias no ensino médico foi tema de debate durante a conferência “Saúde Digital e o Internato”, proferida pelo coordenador do núcleo de Tecnologias e Educação à Distância em Saúde da Faculdade de Medicina da Universidade Federal do Ceará, Luiz Roberto de Oliveira.

Além disso, o Fórum também foi palco para o lançamento do livro “Qualificação dos professores das Escolas Médicas”, um resultado da IX edição do Fórum de Ensino Médico, realizado em agosto do ano passado.

Conselho Federal de Medicina

O Conselho Federal de Medicina, CFM, é um órgão que possui atribuições constitucionais de fiscalização e normatização da prática médica. Criado em 1951, sua competência inicial reduzia-se ao registro profissional do médico e à aplicação de sanções do Código de Ética Médica.

Por Natalia Pinheiro, do NUCOM/SGTES
Atendimento à imprensa
(61) 3315-3580

Fim do conteúdo da página