Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro

Dia D

Início do conteúdo da página
Acidentes por animais peçonhentos

Perguntas e Respostas

Escrito por alexandreb.sousa | | Publicado: Quarta, 02 de Julho de 2014, 11h34 | Última atualização em Segunda, 14 de Julho de 2014, 11h10

O que é?

A lagarta (taturana, marandová, mandorová, mondrová, ruga, oruga, bicho-peludo) é uma das fases do ciclo biológico de um lepidóptero (mariposas e borboletas). Embora sejam encontradas várias espécies na natureza, as lagartas do gênero Lonomia são as que têm maior relevância para a saúde pública, pois podem ocasionar acidentes graves, e mesmo mortes, pela inoculação do veneno no organismo, através do contato das cerdas urticantes com a pele.

Quais os agentes envolvidos?

Os megalopigídeos (lagartas “cabeludas”) são geralmente solitárias e não-agressivas, de 1 a 8 cm de comprimento, possuem “pelos” dorsais longos e sedosos de colorido variado (castanho, branco, negro, róseo) camuflando as verdadeiras cerdas pontiagudas e urticantes. Os saturnídeos (lagartas “espinhudas”) vivem em grupos, possuem cerdas urticantes em forma de espinhos semelhantes a pequenos pinheiros verdes distribuídos no dorso da lagarta, não possuindo pelos sedosos. A Lonomia geralmente tem coloração marrom esverdeada, com várias formações brancas em forma de “U” ao longo da parte superior (dorsal) do corpo.

Como se prevenir?

Ao coletar frutas no pomar, realizar atividades de jardinagem ou em qualquer outra em ambientes silvestres, observar bem o local, troncos, folhas, gravetos antes de manuseá-los, fazendo sempre o uso de luvas para evitar o acidente. A incidência maior de acidentes deve-se ao desmatamento, queimadas, extermínio de predadores naturais, loteamentos sem planejamento e sem avaliação do impacto ecológico que isto acarreta, obrigando a procura destas espécies por outros ambientes para sobreviver e onde se dá o contato com o homem.

 

 

Fim do conteúdo da página