Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro

Dia D

Início do conteúdo da página
Febre Tifoide

Perguntas e Respostas

Escrito por alexandreb.sousa | | Publicado: Quinta, 27 de Março de 2014, 15h31 | Última atualização em Quinta, 10 de Maio de 2018, 12h23

O que é?
Doença de distribuição mundial associada a baixos níveis socioeconômicos, situação precária de saneamento básico, higiene pessoal e ambiental. Por isso, está praticamente extinta em países onde esses problemas foram superados. No Brasil, ocorre de forma endêmica, com algumas epidemias onde as condições são mais precárias.

Qual o microrganismo envolvido?
Bactéria chamada Salmonella enterica sorotipo Typhi. 

Quais os sinais e sintomas?
Febre alta, dores de cabeça, mal-estar geral, falta de apetite, retardamento do ritmo cardíaco, aumento do volume do baço, manchas rosadas no tronco, prisão de ventre ou diarreia e tosse seca. 

Como se transmite?
Pela ingestão de água ou de alimentos contaminados com fezes humanas ou com urina contendo a Salmonella enterica sorotipo Typhi. Algumas vezes pode ser transmitida pelo contato direto (mão-boca) com fezes, urina, secreção respiratória, vômito ou pus

de indivíduo infectado. O portador elimina a bactéria nas fezes e na urina, independentemente de apresentar os sintomas da doença. O tempo de eliminação das bactérias pode ser de até três meses. Portadores crônicos podem transmiti-la por até um ano.

Tempo de sobrevida do agente etiológico nos diferentes meios:

  • Água – em condições ótimas, a sobrevida nunca ultrapassa de 3 a 4 semanas. Entretanto, varia, consideravelmente, com a temperatura (temperaturas mais baixas levam a uma maior sobrevida), com a quantidade de oxigênio disponível (as salmonelas sobrevivem melhor em meio rico em oxigênio), e com o material orgânico (águas poluídas, mas não tanto a ponto de consumir todo o oxigênio, são melhores para a sobrevida do agente).
  • Esgoto – em condições experimentais, quase 40 dias.
  • Água do mar – não é um bom meio, sendo necessária uma altíssima contaminação.
  • Ostras, mariscos e outros moluscos – sobrevida demonstrada de até 4 semanas.
  • Leite, creme e outros laticínios – constituem um excelente meio, chegando a perdurar até por 2 meses na manteiga, por exemplo.
  • Carnes e enlatados – são raros os casos adquiridos através destes alimentos, provavelmente porque o processo de preparo dos mesmos é suficiente para eliminar a Salmonella. Mas, uma vez preparada a carne ou aberta a lata, a sobrevida do agente é maior do que a vida útil destes alimentos.

Ostras e outros moluscos, assim como leite e derivados, são os principais alimentos responsáveis pela transmissão da febre tifoide. Porém, praticamente todos os alimentos, quando manipulados por portadores, podem veicular a Salmonella Typhi.

Como tratar?
O paciente deve ser tratado em nível ambulatorial, basicamente com antibióticos e reidratação. Em casos excepcionais, é preciso internação para hidratação e administração venosa de antibióticos. 

Como se prevenir?

  • O saneamento básico, o preparo adequado dos alimentos e a higiene pessoal são as principais medidas de prevenção. Em se tratando de alimentos, observar os seguintes aspectos:
  • Consuma água tratada.
  • Selecione alimentos frescos com boa aparência, e antes do consumo os mesmos devem ser lavados e desinfetados.
  • Para desinfecção, os alimentos crus como frutas, legumes e verduras devem ser mergulhados durante 30 minutos em uma solução preparada com 1 colher de sopa de hipoclorito de sódio a 2,5% para cada litro de água tratada.
  • Consuma leite e derivados pasteurizados.
  • Não utilize alimentos depois da data de vencimento.
  • Lave as mãos regularmente:
    • Antes, durante e após a preparação dos alimentos;
    • Ao manusear objetos sujos;
    • Depois de tocar em animais;
    • Depois de ir ao banheiro ou após a troca de fraldas;
    • Antes da amamentação.
  • Lave e desinfete todas as superfícies, utensílios e equipamentos usados na preparação de alimentos.
  • Proteja os alimentos e as áreas da cozinha contra insetos, animais de estimação e outros animais (guarde os alimentos em recipientes fechados).

 

Fim do conteúdo da página