Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro

Todas as crianças de 6 meses a menores de 1 ano devem ser vacinadas contra o sarampo

Início do conteúdo da página

Diagnóstico e Tratamento - Cólera

Escrito por alexandreb.sousa | | Publicado: Quinta, 27 de Março de 2014, 14h48 | Última atualização em Sexta, 20 de Abril de 2018, 12h05

Diagnóstico laboratorial

É realizado a partir do cultivo de amostras de fezes ou vômito. Quando o Vibrio cholerae é isolado, a cepa deve ser enviada ao laboratório de referência nacional para realização da caracterização bioquímica, sorológica e molecular.  Além de permitir a confirmação de casos, a análise laboratorial é importante para avaliar e monitorar as características das cepas circulantes e a ocorrência de resistência a antimicrobianos.

Diagnóstico diferencial

O diagnóstico diferencial deve ser realizado considerando-se todos os enteropatógenos que causam doença diarreica aguda. Recomenda-se, portanto, em caso de suspeita de cólera, a coleta simultânea de amostras clínicas para análise viral, bacteriana e parasitológica.

Tratamento

O tratamento eficiente da cólera se fundamenta na rápida reidratação dos pacientes através da administração oral de líquidos e solução de sais de reidratação oral (SRO) ou fluidos endovenosos, dependendo da gravidade do caso. Aproximadamente 80% dos casos de cólera desenvolvem sintomas leves ou moderados e devem ser tratados somente por meio da administração oral de líquidos e SRO (planos A e B). Os pacientes que apresentarem desidratação grave devem ser tratados através da administração de fluidos endovenosos (plano C), podendo ser administrados, adicionalmente, antibióticos apropriados (quadro 1), para diminuir a duração da diarreia, reduzir o volume de fluidos de reidratação necessário e encurtar a duração da excreção do Vibrio cholerae.

Clique aqui para acessar o Manejo do Paciente com Diarreia (orientações para a avaliação do estado de hidratação do paciente e detalhamento dos planos de tratamento – Planos A, B e C).

Quadro 1 - Antibióticos que podem ser utilizados em casos de cólera com desidratação grave (em conjunto com a reidratação endovenosa)

ADULTOS

CRIANÇAS

GESTANTES

Medicamentos de 1ª escolha

Outras opções

Medicamentos de 1ª escolha

Outras opções

Medicamentos de 1ª escolha

Outras opções

DOXICICLINA 300mg (dose única)

AZITROMICINA             1,0g (dose única)

ERITROMICINA    12,5mg/kg (6 em 6 horas por 3 dias)

DOXICICLINA             2 a 4mg/kg (dose única)

ERITROMICINA 500mg (6 em 6 horas por 3 dias)

-

CIPROFLOXACINO  1,0g (dose única)

AZITROMICINA 20mg/kg (dose única)

CIPROFLOXACINO 20mg/kg  (dose única)

AZITROMICINA 1,0g (dose única)

-

Fonte: Guia de Vigilância em Saúde – Volume 1 (1ª edição atualizada – 2017)

 

Assuntos em destaques

Fim do conteúdo da página