Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página
GESTÃO

Ministro da saúde faz teleconferência com entidades médicas para debater ações de enfrentamento à Covid-19

Escrito por Gustavo Frasão | | Publicado: Sábado, 01 de Agosto de 2020, 16h05 | Última atualização em Sábado, 01 de Agosto de 2020, 16h05

Além de estratégias de enfrentamento também foram apresentadas aos gestores as principais ações e preocupações da categoria em relação ao coronavírus

O ministro interino da Saúde, Eduardo Pazuello, participou na última quarta-feira (29/7) de uma teleconferência com entidades médicas e com a ministra da Mulher, Família e Direitos Humanos, Damares Alves, para debater os cenários e ações de enfrentamento à Covid-19. Na reunião de alinhamento governamental estavam representantes do Conselho Federal de Medicina (CFM), da Associação Médica Brasileira (AMB) e dos 27 Conselhos Regionais de Medicina. Além de estratégias de enfrentamento também foram apresentadas aos gestores as principais ações e preocupações da categoria em relação ao coronavírus.

Durante a reunião, as lideranças médicas apresentaram propostas para disseminar conteúdo de qualidade aos profissionais de saúde, que estão na linha de frente, como atualização e publicação das informações mais recentes sobre o combate à Covid-19 nas redes sociais oficiais do Governo Federal. Para fortalecer a ação, também fazem parte da estratégia os Conselhos Nacionais de Secretários de Saúde (Conass) e Secretarias Municipais de Saúde (Conasems), que orientam gestores dos estados e municípios de todo o Brasil.

O Secretário de Atenção Primária à Saúde do Ministério da Saúde, Raphael Câmara, que também é conselheiro federal de medicina, estava na teleconferência e reforçou a importância de agendas como essa para uma resposta direta do impacto das políticas do Ministério da Saúde na assistência à saúde da população, assim como apresentação e discussão de novas ações de enfrentamento à pandemia.

Gabinete de Crise

Durante a conferência, o ministro Eduardo Pazuello também detalhou o trabalho realizado pela pasta no enfrentamento da pandemia e se mostrou aberto ao diálogo com as entidades médicas para fortalecer o cerco contra o novo coronavírus. Na ocasião, ele abriu a possibilidade para se reunir com os representantes dos médicos com maior regularidade e adiantou ser oportuna a participação do CFM e da AMB no Gabinete de Crise para enfrentamento da Covid-19 no Sistema Único de Saúde (SUS).

Criado em maio, o grupo reúne membros do Ministério da Saúde, Conass, Conasems e Organização Pan-Americana da Saúde (Opas/OMS) no Brasil. O Gabinete de Crise é o fórum de discussões estratégicas para alinhar e decidir ações de monitoramento e mitigação da pandemia no SUS. As reuniões acontecem na sede da pasta semanalmente para responder às demandas da pandemia, de forma célere e integrada.

Da Agência Saúde
Atendimento à imprensa:
(61) 3315.3580

Fim do conteúdo da página