Ir direto para menu de acessibilidade.

Novo Coronavírus - tire suas dúvidas

Novo Coronavírus - tire suas dúvidas
Início do conteúdo da página

Publicada a Rename 2017. Veja o que mudou para fitoterápicos

Escrito por Tatiana Teles | | Publicado: Terça, 12 de Setembro de 2017, 08h47 | Última atualização em Terça, 12 de Setembro de 2017, 09h50

Publicada a Portaria nº 1.897/GM/MS, de 26 de julho de 2017, que estabelece a Relação Nacional de Medicamentos Essenciais – Rename 2017 no âmbito do Sistema Único de Saúde (SUS) por meio da atualização do elenco de medicamentos e insumos da Relação Nacional de Medicamentos Essenciais – Rename 2014.

Em relação aos medicamentos fitoterápicos, permanecem os 12 das edições 2012 e 2014 da Rename, entretanto, uma importante modificação é que na versão 2017 a coluna concentração/composição apresenta a quantidade de marcador para cada fitoterápico. Como referência para esse dado foi utilizada a Instrução Normativa nº 2/2014 da Anvisa. Assim, em alguns casos o valor do marcador refere-se à dose diária e, em outros, como concentração por forma farmacêutica. Espera-se que essa informação facilite o processo de aquisição pelos municípios e estados, por apresentar para cada fitoterápico uma concentração, o que não constava nas versões anteriores da Rename.

Acesse a Rename aqui.

Fim do conteúdo da página