Ir direto para menu de acessibilidade.

Novo Coronavírus - tire suas dúvidas

Novo Coronavírus - tire suas dúvidas
Início do conteúdo da página

DSEI Xavante realiza capacitação em Atenção Integrada às Doenças Prevalentes da Infância

Escrito por Leonardo | | Publicado: Sexta, 12 de Setembro de 2014, 10h19 | Última atualização em Sexta, 12 de Setembro de 2014, 10h19

O Distrito Sanitário Especial Indígena (DSEI) Xavante, através da Área Técnica de Saúde da Mulher e Criança em parceria com a Coordenadoria de Ensino, Pesquisa e Extensão da Escola de Saúde Pública de Mato Grosso (ESPMT), realizou, de 04 a 06 de setembro, a capacitação em Atenção Integrada às Doenças Prevalentes da Infância (AIDPI) ao menor de dois meses – Neonatal.

A ação capacitou 30 profissionais das Equipes Multidisciplinares de Saúde Indígena (EMSI), 22 enfermeiros e oito médicos, e ocorreu no auditório da Secretaria de Estado de Ciência e Tecnologia (SECITEC), no município de Barra do Garças (MT,). A proposta da Escola de Saúde Pública de Mato Grosso é selecionar os participantes que tiverem melhor desempenho para fazer o curso de multiplicadores da Estratégia em Cuiabá (MT). As enfermeiras Ingrid Letícia Fernandes dos Santos e Yana Keila Rossetto, a médica Sandra Coenga de Souza e a coordenadora do curso na ESPMT, Eloá de Carvalho Lourenço, atuaram como instrutoras.

Na visão dos participantes o curso foi muito bom e será de grande valia em área indígena, pois apontam os riscos durante a gestação e ao nascer, os sinais gerais de perigo em menores de dois meses, bem como a necessidade de reanimação. Outro aspecto importante do processo de atenção da criança menor de dois meses de idade será ensinar os familiares quando devem buscar atendimento oportuno, pois caso a família espere até que a criança encontre-se gravemente doente para levá-la à consulta, ou pior, leva a criança para ser atendida por pessoas não capacitadas, existe grande possibilidade de que essa doença evolua para morte.

Estudos científicos apontam que a Atenção Integrada às Doenças Prevalentes na Infância (AIDPI) é a principal intervenção disponível para melhorar as condições de saúde na infância nos países em desenvolvimento, pois incorpora todas as normas do Ministério da Saúde relativas à prevenção, promoção e tratamento dos problemas infantis mais frequentes, como aqueles relacionados ao aleitamento materno, promoção da alimentação saudável, crescimento e desenvolvimento, imunização e controle dos agravos à saúde, dessa forma seria de suma importância, ter sua implementação nas Aldeias, promovendo ações básicas que garantam uma melhor saúde às crianças indígenas.

 

Fim do conteúdo da página