Ir direto para menu de acessibilidade.

Novo Coronavírus - tire suas dúvidas

Novo Coronavírus - tire suas dúvidas
Início do conteúdo da página

EXPOEPI - Secretária de Saúde Indígena fala sobre desafios de integração de dados no setor

Escrito por alexandreb.sousa | | Publicado: Quinta, 05 de Dezembro de 2019, 12h30 | Última atualização em Quinta, 05 de Dezembro de 2019, 12h33

Durante o primeiro painel de palestras da 16ª Mostra Nacional de Experiências Bem-sucedidas em Epidemiologia, Prevenção e Controle de Doenças – Expoepi, Sílvia Waiãpi explicou os principais desafios para que dados da Saúde Indígena sejam integrados.

A 16ª Mostra Nacional de Experiências Bem-sucedidas em Epidemiologia, Prevenção e Controle de Doenças – Expoepi começou debatendo a integração de informações de saúde no Brasil. Coordenado pelo secretário de vigilância em Saúde do Ministério da Saúde, Wanderson Kleber, o painel reuniu especialistas em Tecnologia da Informação que atuam na área da saúde para discutir os caminhos a serem seguidas para que os dados sobre saúde possam ser analisados de forma integrada.

16º EXPOEPI. Foto Alejandro Zambrana.

No Painel, a Secretária de Saúde Indígena do Ministério da Saúde, Sílvia Waiãpi explicou como é complicado integrar dados vindos de regiões tão distantes e de povos com tantas diferenças como as mais de 300 etnias indígenas que convivem no Brasil. Sílvia mostrou cada um dos sistemas utilizados na saúde indígena e as várias iniciativas de integração entre eles e deles com os sistemas do SUS.

“Estamos diante de um desafio gigantesco, mas que estamos enfrentando e avançando. Um exemplo é iniciativa do DSEI Cuiabá que está testando um aplicativo que vai monitorar todo o atendimento das equipes multidisciplinares de saúde indígena e como esses dados poderão ser integrados às bases de informação do SUS” explicou Sílvia que também respondeu a perguntas da plateia sobre a disponibilização dos dados da saúde indígena.

 

Fim do conteúdo da página