Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página

Indígenas Yanomami recebem atenção especial durante a pandemia da COVID-19

Escrito por alexandreb.sousa | | Publicado: Sexta, 08 de Maio de 2020, 12h22 | Última atualização em Quarta, 27 de Maio de 2020, 10h38

Indígenas Yanomami, que habitam a região amazônica brasileira, estão recebendo, do Governo Federal, atendimentos e cuidados contra o novo coronavírus (COVID-19). O Ministério da Saúde atende a população nas aldeias por meio da Secretaria Especial de Saúde Indígena (SESAI/MS) e do Distrito Sanitário Especial Indígena (DSEI) Yanomami, responsável pelo atendimento de 26,7 mil indígenas que habitam 366 aldeias em uma área que envolve os Estados do Amazonas e Roraima.

No início deste mês de maio, o DSEI Yanomami realizou missão de transporte de medicamentos, alimentos e infraestrutura para a aldeia Xexena, no município de Caracaraí (RR), atendendo a estrutura do Polo Base Ajarani.

Já a equipe do Polo Base Uraricoera visitou as comunidades Rerebe, Naperopi e Korekorema para monitorar os indígenas que estão em quarentena, após o contato com um paciente que testou positivo para COVID-19.

Na ocasião, também foram realizados atendimentos para o tratamento contra malária, distribuição de suplementação de ferro para as crianças, além de outras ações de atenção básica de saúde às comunidades indígenas.

O DSEI Yanomami realizou, também, uma capacitação com todos os profissionais de saúde dos polos bases, unidades básicas de saúde e da Casa de Saúde Indígena (CASAI) sobre procedimentos e rotinas para entradas e saídas das aldeias, evitando, assim, o contágio da COVID-19 em terras indígenas.

registrado em:
Assunto(s):
Fim do conteúdo da página