Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página

Restrições de acesso às aldeias têm evitado COVID-19 no DSEI Alto Rio Juruá

Escrito por alexandreb.sousa | | Publicado: Terça, 19 de Maio de 2020, 12h44 | Última atualização em Quarta, 27 de Maio de 2020, 11h11

Para evitar que a pandemia causada pelo novo coronavírus (COVID-19) chegue às terras indígenas, os Distritos Sanitários Especiais Indígenas (DSEI) seguem orientações técnicas do Ministério da Saúde por meio da Secretaria Especial de Saúde Indígena (SESAI).  Umas das recomendações da SESAI é de que a população indígena evite se dirigir aos centros urbanos e que a entrada de pessoas nas aldeias seja restrita em função do risco de transmissão do vírus.

Frente a esse cenário de pandemia, o DSEI Alto Rio Juruá, no Acre, junto com a Secretaria Municipal de Saúde de Marechal Thaumaturgo (AC), tem realizado capacitações com as Equipes Multidisciplinares de Saúde Indígena (EMSI) sobre a colocação e retirada dos Equipamentos de Proteção Individual (EPI). Também estão sendo orientados sobre medidas preventivas que devem ser adotadas dentro das aldeias e a busca ativa de possíveis casos sintomáticos.

As ações de atenção básica de saúde estão sendo intensificadas em todo país para evitar a remoção de indígenas para os hospitais das cidades. No DSEI Alto Rio Juruá, médicos estão realizando atendimento nas aldeias e os profissionais de saúde estão fazendo a atualização das vacinas contra o sarampo, influenza e outras doenças imuno-preveníveis.

registrado em:
Assunto(s):
Fim do conteúdo da página