Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página

SGTES visita municípios do Paraná

Escrito por Alessandra Bernardes | | Publicado: Terça, 15 de Maio de 2018, 17h23 | Última atualização em Terça, 15 de Maio de 2018, 17h24

Temas como o Programa Mais Médicos, dimensionamento da força de trabalho e telessaúde foram discutidos durante visita técnica

Box Title

Foto: Natalia Pinheiro
42106052211 f759121eca z
Secretário de Gestão do Trabalho e da Educação na Saúde, Rogério Abdalla, realizou visita técnica em municípios paranaenses

O secretário de Gestão do Trabalho e da Educação na Saúde, Rogério Abdalla, esteve no estado de Curitiba para uma visita técnica aos municípios de Araucária e São José dos Pinhais. O encontro reuniu prefeitos, secretários municipais de saúde e técnicos de diversas áreas da saúde para tratar de pautas referentes às políticas e programas da Secretaria.

Em Araucária, o secretário visitou o Hospital Municipal de Araucária (HMA) e pôde conhecer de perto a estrutura e o atendimento. Durante a visita, Aballa conversou com os profissionais que trabalham no local e alguns médicos do Programa Mais Médicos. Araucária conta, atualmente, com seis médicos do programa.

Já em São José dos Pinhais, o secretário se reuniu com o prefeito e secretário de saúde, para tratarem de pautas referentes à situação de saúde do município. Na ocasião, o secretário apresentou a ferramenta estratégica para gestão em saúde, o Dimensionamento da Força de Trabalho no SUS, que indica variáveis sobre o cenário da força de trabalho, suas características, aspectos de lotação, provimento, movimentação e qualificação, empoderando gestores e trabalhadores para negociação e tomada de decisão.

Além disso, o secretário explanou sobre o programa Telessaúde Brasil Redes, uma ação nacional que busca melhorar a qualidade do atendimento e da atenção básica no Sistema Único da Saúde (SUS), integrando ensino e serviço por meio de ferramentas de tecnologias da informação, que oferecem condições para promover a Teleassistência e a Teleducação.

Por Natalia Pinheiro, do NUCOM/SGTES
Atendimento à imprensa
(61) 3315-3580

Fim do conteúdo da página