Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página

Agentes etiológicos

Escrito por Tatiana Teles | | Publicado: Quarta, 09 de Maio de 2018, 14h09 | Última atualização em Quarta, 09 de Maio de 2018, 14h14

Período de incubação e duração da doença
O período de incubação e a duração da doença são específicos para cada agente etiológico conforme exemplos nos quadros 1,2 e 3. 

Quadro 1 – Manifestações clínicas, período de incubação e duração da doença das principais bactérias envolvidas nas doenças diarreicas agudas

Agente etiológico

Manifestações clínicas

Período de incubação

Duração da doença

Diarreia

Febre

Vômito

Bacillus cereus

Geralmente pouco importante

Rara

Comum

1 a 6 horas

24 horas

Staphylococcus aureus

Geralmente pouco importante

Rara

Comum

1 a 6 horas

24 horas

Campylobacter

Pode ser disentérica

Variável

Variável

1 a 7 dias

1 a 4 dias

Escherichia  coli enterotoxigênica  (ETEC)

Aquosa, pode ser profusa

Variável

Eventual

12 horas a 3 dias

3 a 5 dias

E. coli enteropatogênica

Aquosa, pode ser profusa

Variável

Variável

2 a 7 dias

1 a 3 semanas

E. coli enteroinvasiva

Pode ser disentérica

Comum

Eventual

2 a 3 dias

1 a 2 semanas

E. coli e ntero-hemorrágica

Inicia aquosa, com sangue a seguir

Rara

Comum

3 a 5 dias

1 a 12 dias

Salmonella  não tifoide

Pastosa, aquosa, às vezes, com sangue

Comum

Eventual

8 horas a 2 dias

5 a 7 dias

Shigella

Pode ser disentérica

Comum

Eventual

1 a 7 dias

4 a 7 dias

Yersinia  enterocolitica

Mucosa, às vezes, com presença de sangue

Comum

Eventual

2 a 7 dias

1 dia a 3 semanas

Vibrio cholerae

Pode ser profusa e aquosa

Geralmente afebril

Comum

5 a 7 dias

3 a 5 dias

Fonte: Guia de Vigilância em Saúde. Brasil, 2017.

 

 

Quadro 2 – Manifestações clínicas, período de incubação e duração da doença dos principais vírus envolvidos nas doenças diarreicas aguda

Agente etiológico

Manifestações clínicas

 

 

Diarreia

Febre

Vômito

Período de incubação

Duração da doença

Astrovírus

Aquosa

Eventual

Eventual

1 a 14 dias

1 a 14 dias

Calicivírus

Aquosa

Eventual

Comum em crianças

1 a 3 dias

1 a 3 dias

Adenovírus  entérico

Aquosa

Comum

Comum

7 a 8 dias

8 a 12 dias

Norwalk

Aquosa

Rara

Comum

18 horas a 2 dias

12 horas a
2 dias

Rotavírus grupo A

Aquosa

Comum

Comum

1 a 3 dias

5 a 7 dias

Rotavírus grupo B

Aquosa

Rara

Variável

2 a 3 dias

3 a 7 dias

Rotavírus grupo C

Aquosa

Ignorado

Ignorado

1 a 2 dias

3 a 7 dias

Fonte: Guia de Vigilância em Saúde. Brasil, 2017.

Quadro 3 – Manifestações clínicas, período de incubação e duração da doença dos principais parasitas envolvidos nas doenças diarreicas agudas

Agente etiológico

Manifestações clínicas

Período de incubação

Duração da doença

Diarreia

Febre

Abdômen

Balantidium  coli

Eventual com muco ou sangue

Rara

Dor

Ignorado

Ignorado

Cryptosporidium

Abundante e aquosa

Eventual

Cãibra eventual

1 a 2 semanas

4 dias a 3 semanas

Entamoeba histolytica

Eventual com muco ou sangue

Variável

Cólica

2 a 4 semanas

Semanas a meses

Giardia lamblia

Incoercíveis fezes claras e gordurosas

Rara

Cãibra/ Distensão

5 a 25 dias

Semanas a anos

Cystoisospora belli

Incoercível

Ignorado

Ignorado

2 a 15 dias

2 a 3 semanas

Fonte: Guia de Vigilância em Saúde. Brasil, 2017.

 
 
 
Fim do conteúdo da página